Multa de R$ 200 mil deve impedir Tréllez de defender o Inter contra o SPFC

O técnico Odair Hellmann não deverá poder escalar Santiago Tréllez para enfrentar o São Paulo neste sábado (7), no Beira-Rio, em Porto Alegre. Segundo apurou o UOL Esporte, o contrato de empréstimo do atacante para o Internacional tem uma cláusula que prevê o pagamento de multa de R$ 200 mil caso o colombiano atue em partidas contra o Tricolor Paulista.

Ainda de acordo a apuração da reportagem, a tendência é de o Colorado não desembolsar tal valor. Recentemente, o centroavante até ganhou mais moral com a comissão técnica pela dedicação nos treinamentos – chegou até a balançar as redes em jogo-treino. Mas depois de receber algumas chances após a parada para Copa América, novamente não rendeu o esperado e atualmente sequer tem atuado entre os reservas. Por isso, a diretoria não deve fazer tal esforço para liberá-lo neste duelo do Campeonato Brasileiro..

Para o setor, Odair conta também com Paolo Guerrero e Rafael Sobis. E se optar por suplentes, Guilherme Parede e Pedro Lucas. Além disso, o limite é de cinco jogadores estrangeiros por confronto nas competições nacionais – sendo que o clube tem seis atletas não nascidos no Brasil em seu elenco. Desta maneira, o colombiano tem dificuldade até mesmo para ficar no banco de reservas.

No total, ele disputou 13 partidas pelo Internacional nesta temporada – a última foi na vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, no dia 17 de agosto. Com tal situação, chegou-se até a cogitar o retorno de Tréllez para o São Paulo antes do previsto. O departamento de futebol do Tricolor paulista, porém, não achou que o colombiano tivesse o perfil que se encaixasse com o estilo de jogo implantado por Cuca.

Tréllez está emprestado ao Internacional até o fim deste ano. O São Paulo desembolsou R$ 6 milhões por 70% dos seus direitos econômicos e tem vínculo com o atacante até dezembro de 2021.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Multa de R$ 200 mil deve impedir Tréllez de defender o Inter contra o SPFC

Deixe uma resposta para Éder F. Arruda Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.