Muller poupa Pratto, mas ataca elenco tricolor: “Briga para não cair”

O São Paulo, eliminado das três competições que disputou na primeira parte da temporada, estreou mal no Campeonato Brasileiro, sendo derrotado por 1 a 0 pelo Cruzeiro no domingo, com direito a falha de Maicon no gol do adversário. Inconformado com o futebol apresentado pela equipe, o ex-atacante do Tricolor, Muller, fez uma precisão pessimista do futuro da equipe em 2017.

“O São Paulo, nesse ano, se continuar assim, vai brigar para não cair”, afirmou o atleta da Seleção Brasileira nas copas de 1986, 1990 e 1994, em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, no último domingo. Para ele, o desempenho apresentado é mais preocupante do que os resultados obtidos.

“O problema não é perder, o problema é que perdeu jogando mal. E o Rogério tem culpa, é ele que coloca o Thiago Mendes na lateral, ele que não acerta o time”, avaliou, poupando apenas o argentino Lucas Pratto e o goleiro Renan Ribeiro das suas palavras.

“Bom é o Lucas Pratto, bom é o Renan Ribeiro, se conseguir ser regular. O São Paulo, hoje, é tipo o time do Vasco, não é sólido. É um time de jogadores que carregam a bola. Quando você vê o zagueiro como o Maicon, fica carregando a bola para jogar a bola na área. O Luiz Araújo, o Cueva. São todos carregadores de bola”, criticou.

Para Muller, o clube deveria se espelhar nos argentinos do Defensa y Justicia, “que tocavam a bola de pé em pé” além de serem “compactados na hora de marcar e rápidos para sair no contra-ataque”. Por fim, ainda previu dias difíceis para o ex-companheiro Rogério Ceni.

“O Rogério ainda vai apanhar muito. Nessa transição de jogador para treinador, ele tem muito para aprender. Ele, na verdade, não passou dessa transição de jogador para treinador. Ele se preparou só seis meses. Mesmo sendo treinador de um time grande, tendo apoio unânime da torcida, ele vai sofrer. O São Paulo não tem grandes jogadores, não tem um meio-campo que protege a defesa. Vai dar trabalho”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

6 comentários em “Muller poupa Pratto, mas ataca elenco tricolor: “Briga para não cair”

  1. O Muller está certo, elenco fraco e técnico inexperiente, estamos indo pro naufrágio.

    Estamos à deriva, com um presidente poliqueiro fraco, um departamento de preparação física fraco, elenco fraco e um técnico mais fraco ainda.

    Desse ano não passa da série B, tenho dó do Pratto e Jucilei, entraram em uma roubada achando que esse clube fosse o mesmo de anos atrás, antes do tornado Juvenal e seus asseclas destruírem o clube.

  2. Nessa análise concordo com o Muller, tudo bem que o time é fraco, mas não temos esquema tático o qual o treinador afirma ser um time ofensivo.
    Que saudades de quando o Miller jogava, esse sim representou o Tricolor, não esses pernas de hoje que não tem alma.
    É o Rogerio continuar com essa arrogância, peitando a mídia, dizendo que mesmo se abrisse o treino não entenderiam nada, pq só ele entende nem os jogadores entendem, ficar martelando nos números ridículos, vai ter um final igual ao do Dunga.

  3. Concordo com Muller e com amigo abaixo, que alem do Lucas Pratto, Renan, Jucilei e tiago mendes que seu rogerio insiste em escala-lo errado.
    Tudo bem é o primeiro jogo, mas começa preocupar pq nao tem padrao de jogo, como ja falava ano passado um amontado de jogador que nao sabe o que fazer com a bola, é uma pena pq Rogerio de tantas alegrias nos deu, agora so nos esta dando tristeza, e esperamos que nao continue assim pq senao iremos amargar segunda divisao.

  4. Reputo o Muller um observador de futebol muito fraco. Mas aqui ele analisou com competência. Aos dois jogadores destacados, eu acrescentaria, ainda, o Jucilei e o Tiago Mendes, desde que jogando numa posição que possa explorar melhor o que ele tem de qualidade. De resto, do treinador ao Luiz Araújo, são todos uns aprendizes. É time para brigar por um 12o. lugar na classificação, se muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*