Milton Cruz entende protestos, mas pede paciência aos são-paulinos

Já virou rotina no São Paulo. Sempre que a coisa aperta e um treinador é demitido, vem o auxiliar técnico Milton Cruz para apagar o incêndio enquanto o novo comandante não chega. Essa rotina ocorrerá novamente (Emerson Leão foi demitido na última terça-feira) e o interino será o responsável por montar o time que, no sábado, às 16h20m, buscará a reabilitação no Campeonato Brasileiro diante do líder Cruzeiro, em Belo Horizonte.

Ciente de que o momento não é de fazer grandes promessas, Milton Cruz, que concedeu entrevista nesta quarta-feira, só fez um pedido: que o torcedor tenha um pouco de paciência para que o time possa se acertar.

– A equipe do São Paulo é jovem, tem média de 23 anos. O Corinthians tem 28, o Santos 27, a mesma do Palmeiras. O time que foi campeão em 2005 começou a ser montado em 2003. Em 2004, trouxemos as peças que faltavam e todos viram os frutos que colhemos até 2008 (Libertadores, Mundial e três Campeonatos Brasileiros). É de se louvar a torcida, que quer títulos e vitórias, mas é preciso ter paciência senão você acaba queimando jovens com talento – disse.

Apesar das dificuldades, Milton mostra muita fé na equipe.

– Temos time para enfrentar qualquer adversário. Neste ano, enfrentamos Santos, Corinthians e Palmeiras de igual para igual, mas os resultados não apareceram – lamentou.

Para o interino, as contusões atrapalharam demais a equipe.

– Nós perdemos o Rogério, que dispensa comentários. O Fabrício seria importante demais para nos dar experiência e ainda ficamos sem o Wellington. Em algumas rodadas, ficamos sem o Luis Fabiano. São desfalques que fazem diferença. Os outros times, na hora de decidir, estavam com seus times completos – justificou.

Milton Cruz seguirá no comando da equipe até que o São Paulo encontre um técnico que chegue para substituir Emerson Leão, demitido na terça-feira. Não existe um prazo para que isso aconteça.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Milton Cruz entende protestos, mas pede paciência aos são-paulinos

  1. O Sr. Milton Cruz não tem credibilidade e nem capacidade de emitir juízo para dizer nada. Um cara que indica o Paulo Miranda para zagueiro do tricolor tinha que ser sumariamente banido da Comissão Técnica. Qual é mesmo a função desse Senhor na Comissão Tècnica? Parece que é a de olhar, observar e avalisar contratações…sendo assim, a sua performance nos últimos anos está tendendo a zero. Trata-se de mais um que já passou dos limites… Portanto, ele está fazendo hora extra no Sampa e agravando ainda mais a péssima gestão da atual Diretoria no que diz respeito ao futebol, nosso produto principal..

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..faz-me rir cara. Todo ano esse cara vem com as mesmas desculpas. Daqui uns dias vai reclamar da chuva que caiu em São Paulo e deixou fulano gripado sem poder jogar. Fala sério. Os outros times também tiveram desfalques. O Fabrício já vinha de uma temporada de contusões no Cruzeiro. O Rogério está quase aposentado, portanto previsivel que ele sofra contusões. O Luís Fabiano sempre foi uma pilha de nervos, basta relembrar o jogo contra o River que ele achou que era o Bruce Lee dando voadeira pra todo lado. Pelo amor de deus a cada declaração eu vejo tanto que essa diretoria e seus membros estão perdidos, e o pior de tudo é que não vejo sequer um sinal de que estão aprendendo com os próprios erros. Pelo contrário eles continuam com as mesmas atitudes. “Louco é aquele que sempre faz as mesmas coisas e acha que vai obter resultados diferentes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*