Militão se despede e tem festa dos jogadores

O polivalente Éder Militão, uma das maiores promessas vinda das categorias de base do São Paulo, fez neste domingo a sua despedida como jogador do Tricolor. Negociado com o Porto-POR por cerca de R$ 17 milhões (+ 10% de uma venda futura) após diversas negativas ao clube na tentativa de renovação do seu contrato, ele completou um ciclo de cinco jogos determinado como sua despedida antes de rumar para a Europa.

Com certa timidez, mesmo aplaudido pela torcida tanto no aquecimento quanto na saída de campo, ele só se soltou no momento em que foi levantado do solo pelos seus companheiros, extasiados pela vitória por 2 a 1 nos minutos finais da partida. Jogado ao alto por um grupo grande de jogadores, ele não escondeu o riso e abraçou os responsáveis pela brincadeira quando caminhava para o vestiário.

Dentro de campo, no entanto, seu adeus durou menos que os 90 minutos esperados. Com dificuldade para acompanhar a movimentação de Thiago Galhardo e Giovanni Augusto pelo seu lado, sem conseguir contribuir também na parte ofensiva, ele foi a primeira peça sacada pelo técnico Diego Aguirre, que apostou na explosão física de Bruno Peres.

Militão, de perfil bastante tímido e sem declarações bombásticas, deixa o Tricolor sem ganhar títulos e acumulando pouco mais de um ano entre os profissionais. Pelo time profissional do São Paulo, até aqui, foram 68 jogos, com 29 vitórias, 17 empates e 22 derrotas. Ele anotou seis gols pela equipe e contabilizou duas assistências.

Natural de Sertãozinho, cidade do interior paulista, Militão chegou ao São Paulo em 2012, aos 14 anos de idade, e conquistou diversos títulos nas categorias de base do Tricolor: foi campeão da Copa do Brasil Sub-20 de 2016, do Paulista Sub-20 de 2016, do Paulista Sub-17 de 2015 e da Copa RS Sub-20 de 2015.

4 comentários em “Militão se despede e tem festa dos jogadores

  1. Boa sorte na carreira.

    Mas como disse o Aguirre. “Boa sorte a ele mas já é página virada, não quero saber mais de Militão, o momento é do Bruno Peres”.

    Essa necessidade que nós brasileiros temos em ser totalmente emocional com absolutamente tudo não faz sentido principalmente em transações comerciais. O moleque viu uma chance de ganhar dinheiro e o Kia Jorabichian lavar dinheiro e pronto.

    Vida que segue.

  2. Excelente Jogador, jogou muito bem no SP, seria peça fundamental na conquista deste Brasileirão, mas os empresários como sempre estragam tudo, pensa apenas no Bolso, que Sabe um dia Volte ao São Paulo, Abraço e boa Sorte em Portugal, se continuar assim Logo estará em um clube grande na Espanha ou Itália, penso até que poderia ter jogado a copa deste Ano de 2018, mas seu tempo chegará.

  3. Eder Militão/;
    OBRIGADO POR TUDO !!!!
    AGRADECEMOS PELA SUA DEDICAÇÃO ATÉ O ULTIMO MOMEMTO QUE VESTISTE
    ESTA CAMISA!! Merece todo o respeito da torcida. Entendemos que foi a ganancia
    de seu pai e de seu empresario de merda que o obrigou a sai r do S.Paulo.
    Sabemos que seu coração vai palpitar sempre que lembrar do S.Paulo.
    Com certeza, V.vai vencer fácil na Europa. Os sampaulinos estão torcendo por V.
    Sucesso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*