Marcos Guilherme celebra 1º gol no Morumbi, mas vê Sidão como o herói

Na véspera do 57º aniversário do Morumbi, Marcos Guilherme marcou o seu primeiro gol no estádio, inaugurado em 2 de outubro de 1960. De quebra, o tento na vitória por 1 a 0 sobre o Sport tirou o São Paulo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

“Importantíssimo. Sabíamos que era mais uma final para nós. Mesmo não fazendo um grande jogo, como nas últimas partidas, conseguimos vencer e isso é o mais importante”, ressaltou o meia-atacante, na zona mista do Morumbi, após a partida do último domingo.

O inédito feito do camisa 23 ocorreu aos 35 minutos do primeiro tempo. Como um centroavante, aproveitou rebote da zaga pernambucana após cruzamento de Edimar para, de dentro da área, bater forte e vencer o goleiro Magrão.

“Eu estava na posição certa. Já tinha perdido uma chance em que eu estava meio desequilibrado. Mas graças a Deus sobrou mais uma e só tive o trabalho de empurrar para as redes”, relatou o jogador de 22 anos, que soma outros três gols pelo São Paulo – todos fora de casa, contra Botofogo (2) e Palmeiras.

Emprestado pelo Atlético-PR até dezembro de 2018, Marcos Guilherme está longe de atribuir a si o papel de herói do triunfo tricolor. Para ele, esse rótulo tem outro dono.

“O Sidão salvou a pátria em duas bolas nos últimos lances. Então parabéns para o Sidão e para o grupo todo, porque foi uma vitória merecida”, afirmou, antes de admitir a má atuação são-paulina na vitória sobre o Sport.

“Realmente não foi um grande jogo da nossa equipe. Fomos melhores nas últimas partidas. Mas é assim: às vezes a gente joga bem e não vence, contra o Sport não fizemos um grande jogo, mas vencemos, que era o mais importante”, avaliou.

Com a vitória, o São Paulo chegou aos 31 pontos, subiu para o 14º lugar e saiu da zona de rebaixamento, da qual havia sido membro nas últimas oito rodadas. De folga até terça-feira, o elenco voltará aos trabalhos na tarde desta quarta, no CCT da Barra Funda.

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Marcos Guilherme celebra 1º gol no Morumbi, mas vê Sidão como o herói

  1. Atenção jogadores

    Garra , motivação e comprometimento não é apenas em clássicos , todo jogo tem que ser encarado com responsabilidade como se fosse uma final ,portanto vamos deixar de palhaçada e jogar serio todos os jogos ,mesmo porque do mesmo jeito que saiu voltar para o Z4
    Mais responsabilidades principalmente em jogos contra time pequeno

    Atenção treinador

    Esqueça Lucas Fernandes ,em seu lugar coloque o jogador que veio do botafogo .
    Treine mais movimentação no ataque e melhores o posicionamentos das linhas que voltaram a falha muito no jogo contra o sport

    juntos pra salvar o soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*