Mantido pela direção, Ney crê em melhora: ‘Eu me sinto mais forte’

As duas semanas de treinos em Cotia serão também um período para o técnico Ney Franco se reinventar no São Paulo. Ameaçado de demissão por causa dos fracassos no Campeonato Paulista e na Taça Libertadores, o treinador suportou a pressão e foi mantido pela diretoria. Agora, com o Brasileirão como a grande meta para 2013, o técnico acredita estar fortalecido após o período de turbulência.

– Eu me sinto mais forte, revigorado. A conversa com os atletas foi muito boa. Acho que estamos no caminho certo. Em alguns momentos, acontecem coisas interessantes e, quando você troca o técnico, isso se perde. Já passei por situações difíceis e agora conheço mais o elenco. A tendência é evoluir em todos os sentidos. Estamos apostando nisso – afirmou.

A pressão sobre o treinador era bastante forte. O título da Copa Sul-Americana e a simbólica conquista do segundo turno do Brasileirão no ano passado foram esquecidos. O técnico passou a ser questionado pelo baixo rendimento do time, principalmente na Libertadores, mas teve o aval da direção para ficar, mesmo depois da goleada sofrida diante do Atlético-MG, por 4 a 1, no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores.

– Eu sempre me coloquei muito à vontade em relação ao comando do São Paulo. Sabemos que é difícil mudar essa cultura de troca de treinadores. O Muricy é cobrado no Santos, o Tite viveu uma situação assim há dois anos, agora tem o Gilson (Kleina, no Palmeiras). Espero ter capacidade para atender a essa decisão (não demiti-lo) da diretoria – ressaltou.

Ney luta também para ter o elenco nas mãos novamente. Os quatro primeiros meses do ano foram de turbulência. Lúcio, Ganso e Fabrício mostraram descontentamento ao serem substituídos durante os jogos, externando uma relação ruim com a comissão técnica. No ano passado, Rogério Ceni já havia batido de frente com algumas decisões.

Para que as arestas fossem aparadas, o Tricolor decidiu concentrar o elenco no CT de Cotia até a estreia no Brasileirão. Serão duas semanas de treinamentos e de uma tentativa de melhorar o ambiente. A primeira partida no torneio está marcada para o dia 26 de maio, contra a Ponte Preta, em Campinas.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*