Maicon lembra expulsão e diz não sentir culpa por eliminação tricolor

Maicon voltou a falar sobre a expulsão no primeiro jogo da semifinal da Libertadores, quando o São Paulo foi derrotado por 2 a 0 pelo Atlético Nacional, no Morumbi. Em entrevista ao programa “Bem, Amigos”, do SporTV, o zagueiro disse que não se sente culpado pela eliminação, confirmada no jogo da volta, com mais um revés, desta vez por 2 a 1.

– Eu não me sinto (culpado). A arbitragem interferiu no resultado, sem dúvida nenhuma – disse o zagueiro.

No lance em que recebeu o cartão vermelho, o árbitro argentino Mauro Vigliano entendeu que Maicon agrediu o atacante colombiano Miguel Borja. O jogador, que deixou o braço no rosto do adversário, tem uma visão diferente sobre a disputa.

Maicon São Paulo Atlético Nacional (Foto: Marcos Ribolli)Maicon sai de campo na semifinal São Paulo contra Atlético Nacional (Foto: Marcos Ribolli)

– Eu reconheço que poderia ter evitado, mas a gente vê muitas vezes jogadores colocando bola para fora, fazendo coisas desse tipo, e o árbitro não interfere. Eu não deveria ter feito isso, mas não foi um lance para expulsão – avaliou.

Comentarista de arbitragem da TV Globo, Arnaldo Cézar Coelho discordou de Maicon, alegando que o zagueiro deu margem para receber o cartão vermelho na decisão.

Com um jogador a menos em campo, o São Paulo não suportou a pressão do Atlético Nacional e foi derrotado em casa, por 2 a 0. No jogo da volta, chegou a abrir o placar, mas levou a virada em mais um jogo polêmico.

No final do primeiro tempo, quando a partida estava empatada em 1 a 1, Hudson foi derrubado por Bocanegra dentro da área do Atlético Nacional, mas o árbitro mandou seguir o jogo. Na visão dos são-paulinos, além do pênalti, o lateral colombiano merecia o cartão vermelho.

– Se for ver os dois lados da partida, o jogo aqui estava totalmente controlado, eles fizeram 2 a 0 quando ficamos com um jogador a menos. E na colômbia, se ele marca o pênalti no final do primeiro tempo, jogaríamos por um gol por 45 minutos com um jogador a mais. Seria totalmente diferente. O São Paulo teria condições totais de se classificar – lembrou Maicon.

Classificado para a final da Libertadores, o Atlético Nacional empatou o primeiro jogo com o Independiente del Valle, do Equador, por 1 a 1. Nesta quarta-feira, o título será decidido no estádio Atanasio Girardot, em Medellín.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.