Luis Fabiano e Aloísio levam terceiro amarelo e não encaram Botafogo

No dia em que voltou a atuar depois de duas rodadas fora por conta de dores lombares, Luis Fabiano se tornou desfalque para a partida seguinte do São Paulo. Na tarde deste domingo, ele recebeu o terceiro cartão amarelo durante vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense e não enfrentará o Botafogo, no próximo domingo.

A advertência foi dada pelo árbitro Jaílson Macedo Freitas aos 23 minutos do primeiro tempo, quando o jogador reclamou de pênalti não marcado. Mesmo depois de levar o cartão, continuou gesticulando, externando insatisfação.

Quatro minutos depois, ele deu motivo para a torcida comemorar. Ao receber ótimo passe de Paulo Henrique Ganso por trás da defesa, se atirou para desviar a bola no canto esquerdo do goleiro Diego Cavalieri e abrir o placar.

Mesmo com gol, no entanto, Luis Fabiano custou a se acalmar. Ganso chegou a cobrá-lo, tendo em conta que ele poderia ser expulso e prejudicar o São Paulo. Mas ele parecia não ouvir. Tanto que tentou atrasar cobrança de tiro de meta do goleiro Diego Cavalieri.

“Às vezes eu erro, mas, às vezes, não mereço e tomo cartão. Estou atento, vou procurar me policiar para não tomar o vermelho, já que ele (árbitro) vem me ameaçando, falando comigo o tempo todo”, comentou o camisa 9, no intervalo.

Na segunda etapa, ele realmente diminuiu os protestos contra a arbitragem, mas Aloísio, que poderia ser seu substituto no próximo fim de semana, entrou em campo no lugar de Jadson, também recebeu o terceiro cartão amarelo e igualmente terá que cumprir suspensão automática.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Luis Fabiano e Aloísio levam terceiro amarelo e não encaram Botafogo

  1. Jogador tem que jogar, apenas jogar e,

    deixa o juizao apitar,

    certo ou errado, apitou ta apitado,

    aprenda pipokkka, vai reclamar do que ????

    Nos ferrou, mais uma vez, numa partida dificil contra o Bota.

    Ainda bem que teremos o glorioso Welliton, com certeza.

    Mas, voce pipokkka, nos ferra mais uma vez.

    Nao e era disso, jogue apenas e faca gols como hoje.

  2. É sempre assim, já se tornou rotina, ainda tem a cara de pau de dizer que às vezes não merece tomar cartão amarelo, falta pulso firme dessa diretoria que age como agia as diretorias do Flamengo ao proporcionar regalias às supostas estrelas da época, como: Ronaldinho Gaúcho, Wagner Love, Adriano e etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.