Luis Fabiano controla nervos e tenta emplacar fase ‘paz e amor’

Luis Fabiano sabe que seu temperamento intempestivo trouxe prejuízos à sua carreira. Em 2003, por exemplo, ele chegou a dizer que “preferiria ajudar na porrada do que nas cobranças de pênalti”, declaração dada após voadora em um atleta do River Plate. Agora aos 33 anos, o Fabuloso dá sinais de que está conseguindo controlar o emocional.

Ele ainda não pode ser considerado um “gentleman” em campo, mas os números de cartões recebidos em 2014 estão muito abaixo do histórico de Luis Fabiano desde seu retorno ao Morumbi, em 2011.

Em 2014, o camisa 9 recebeu 5 cartões amarelos em 21 jogos, média de um cartão amarelo recebido a cada quatro partidas.

No ano passado, ele era advertido com cartão a cada 3 partidas (13 amarelos e um vermelho em 50 partidas).

Luis Fabiano foi ficando mais tranquilo gradativamente. Em 2012, ele recebia cartão a cada 2,5 partidas (17 cartões, sendo um vermelho, em 44 jogos). O ano de 2011 foi marcado por um Fabuloso indomável no São Paulo. A cada dois jogos ele era premiado com um cartão (6 cartões em 12 jogos).

Mais assíduo em campo em 2014, Luis Fabiano tem sido produtivo no ataque. Ele soma 13 gols marcados em 21 partidas disputadas na temporada. É o artilheiro do São Paulo na temporada.

“É muito bom [ter mais um jogador de ataque]. Time grande precisa ter jogadores de qualidade. Time que quer ser campeão tem que ter atletas de qualidade”, disse Luis Fabiano, já projetando concorrência com Alan Kardec, à Rede Globo.

Luis Fabiano está confirmado para o duelo contra o Flamengo, domingo, no Maracanã, às 16h. Foi no estádio carioca que ele marcou seus primeiros gols com a camisa do São Paulo, em 2003.

“Jamais vou esquecer os meus primeiros gols pelo São Paulo. Ainda mais porque valeram o título. Mas, agora, é uma outra história e uma outra necessidade. Espero ajudar, seja com gols ou determinação, porque precisamos da vitória”, afirmou o jogador ao site oficial do São Paulo.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*