Luis Fabiano acelera tratamento e quer jogar domingo

Recuperando-se um problema na coxa direita, o atacante Luis Fabiano afirmou que poderia enfrentar a LDU de Loja, do Equador, nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. No programa ‘Cartão Verde’, da Tv Cultura, o artilheiro comentou que foi preservado para seguir o planejamento que o evita de ter lesões mais graves.

– Eu participaria, na minha condição de hoje (desta terça-feira). Só que, como a viagem era longa, é melhor eu me recuperar bem, para voltar 100% – declarou o atacante, que logo em seguida emendou a decepção por perder várias partidas em razão de lesões.

– Sem dúvida, eu gostaria de ter participado de todos os jogos. Gostaria de ter jogado muito mais. Mas, temos de ter paciência. Ano passado foi muito duro para nós. Esse tempo que eu fiquei parado, me prejudicou muito. Eu ainda sinto o ritmo da Europa, foram sete anos. E, sinceramente, não tive um grande tempo para recuperar bem, bem mesmo. A necessidade de jogar é muito grande. Quando eu me recupero, eu já jogo. Ficar parado seis meses, no ano passado, me prejudicou bastante. Com certeza, ano que vem vai ser bem diferente – afirmou o artilheiro do Tricolor.

Sem estipular retorno ao time, ele pretende já estar em campo diante do Coritiba, no domingo, pela 27ª rodada do Brasileiro. Questionado se o retorno seria contra o Palmeiras, ele se mostrou ‘pé-quente’ em clássicos e pretende jogar contra o Alviverde. Vale lembrar que, no primeiro turno, ele marcou um gol no rival.

– Eu estou trabalhando para tentar jogar contra o Coritiba. Seria uma recuperação fora do normal. Estou fazendo esforço físico normal. Ultimamente, eu tenho dado sorte (em clássico) – disse.

De olho no título da Copa Sul-Americana, Luis Fabiano não se preocupa com o fato de os grandes rivais do estado (Santos, Corinthians e Palmeiras) terem conquistado um título na temporada e o São Paulo ainda não. Para ele, o torneio sul-americano é o caminho mais curto para uma vaga na Libertadores, ambição da equipe.

– Esse ano estamos com uma pressão extra, porque nossos adversários conquistaram títulos. (Santos ganhou o Paulista, Corinthians ganhou a Libertadores e Palmeiras, a Copa do Brasil). Essa é uma grande oportunidade de conquistarmos um título e irmos para a Libertadores. O principal de tudo é o titulo, mas a Libertadores é a competição que o torcedor são-paulino gosta, que o São Paulo gosta. Ganhar a Sul-Americana é um objetivo nosso, porque o Brasileiro ficou muito distante – analisou o camisa 9.

 
Fonte: Lance – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*