Lúcio faz campanha na internet, mas não será reintegrado por Muricy

Afastado desde o fim de julho, o zagueiro Lúcio, de 35 anos, tinha esperanças de voltar ao São Paulo com a chegada de Muricy Ramalho. Na última terça-feira, enquanto o novo treinador era apresentado, o defensor mobilizou seguidores de seu perfil no Twitter e reproduziu diversas mensagens que pediam seu retorno.

A diretoria, no entanto, já definiu que Lúcio permanecerá afastado. O técnico Muricy Ramalho foi avisado de que não poderia contar com o zagueiro desde as primeiras conversas ao aceitar a proposta do São Paulo. Ouviu a ordem da diretoria e a orientação da comissão técnica, que apresentou os motivos que levaram o antecessor Paulo Autuori a afastá-lo.

“Não sou de me meter nessas coisas de contrato, de questão disciplinar e nem de nada. Se a diretoria achou que deveria ser feito, é assim. Se acharem que amanhã devem dar uma chance, é problema da diretoria”, disse Muricy, após a vitória sobre a Ponte Preta, na última quinta-feira.

Autuori teve um desentendimento com o jogador e pediu à diretoria que ele fosse isolado do elenco. Desde então, Lúcio treina em horários alternados e não convive com outros jogadores. Para o técnico, a influência de Lúcio sobre outros atletas era negativa. O defensor chegou a ter problemas também com Ney Franco, antes da primeira troca de técnicos em 2013. Ele reclamou do treinador após derrota para o Arsenal (ARG), em Buenos Aires, pela Libertadores, quando foi substituído. Depois de passar curto período no banco de reservas, voltou ao time.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Lúcio faz campanha na internet, mas não será reintegrado por Muricy

  1. O cara conseguiu brigar com o Ney Fraco; afundou o time na Libertadores contra o Patético Mineiro; afundou o time no Brasileiro contra o Inter; e, como ‘gran finale’, brigou com o Autuori.

    O que ele espera com esse background invejável???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.