Lucas Fernandes não se ilude com gol e diz aceitar cobrança de Bauza

O meia Lucas Fernandes recebeu bem as cobranças feitas pelo técnico Edgardo Bauza após a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no domingo, em Volta Redonda. Autor do gol são-paulino na estreia do Campeonato Brasileiro, o meia-atacante de 19 anos disse que não está conformado com o rendimento que tem apresentado entre os profissionais. Ele subiu ao time principal após a Libertadores sub-20 e anotou contra o Fogão o primeiro gol pela equipe de cima do Tricolor.

A cobrança por evolução veio na entrevista coletiva de Bauza que sucedeu a primeira rodada do Brasileirão. O Patón elogiou o potencial de Lucas Fernandes, mas ressaltou que aquela não tinha sido uma grande atuação do meia-atacante. “Houve outros jogos em que ele foi melhor, mas isso é o mais importante: o gol e a participação”, afirmou o treinador.

Nessa segunda-feira, em entrevista ao canal SporTV, o jogador disse concordar com a avaliação de Bauza. “Ele está certo. Nós não podemos achar que está bom. Sempre é possível melhorar. Vou continuar trabalhando e o técnico está certo ao me cobrar”, declarou.

Lucas Fernandes disse que já está ambientado ao profissional do São Paulo. Ele chamou a atenção de Bauza após participações decisivas na Copa São Paulo de Juniores e na Libertadores sub-20. No torneio internacional, o meia-atacante se destacou na final ao garantir o título com o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Liverpool-URU.

“Nós [jogadores da base] chegamos tímidos ao profissional, mas vamos pegando experiência. Eu me sinto mais dentro do grupo, mas tenho muito a aprender. É importante seguir melhorando”, afirmou. “Estou cada vez mais experiente. Tenho aprendido com Lugano, Ganso e Michel Bastos. É importante não parar de evoluir para chegar no alto nível deles também”.

Após ter liderado o time de reservas que bateu o Botafogo, Lucas Fernandes integrará o grupo são-paulino que medirá forças com o Atlético-MG, nessa quarta-feira, no estádio Independência. Ele deverá ser relacionado para compor o banco de reservas no jogo válido pela volta das quartas de final da Libertadores. Na primeira partida, o Tricolor largou na frente e venceu o Galo por 1 a 0, no Morumbi.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.