Lesão de Nem abre chance para Neilton ‘se apresentar’ ao São Paulo

O desfalque de Wellington Nem, que ficará pelo menos 15 dias afastado por lesão, servirá de termômetro para avaliar o prestígio inicial de outro reforço para 2017: Neilton. Dos jogadores contratados pelo São Paulo para esta temporada, o jovem atacante é o único que ainda não conseguiu espaço no time titular e agora vê uma vaga aberta no setor em que atua.

O desempenho de Neilton até o momento é tímido. Ele disputou os dois jogos da Florida Cup, mas pouco participou. Atuou por 45 minutos na semifinal contra o River Plate (ARG) e 23, na final contra o Corinthians – o São Paulo venceu ambas nos pênaltis após empate em 0 a 0 no tempo normal. Não convenceu. No último domingo, ficou no banco de reservas na estreia no Paulista e quando Wellington Nem se lesionou, Rogério Ceni mandou Cícero a campo.

Nos treinos, o atacante dá sinais de que ainda precisa de adaptação. A comissão técnica de Rogério Ceni aposta no garoto, exige muito dele nas atividades, mas os resultados ainda não foram satisfatórios.

Tanto que no momento a tendência é que Rogério opte por outra alternativa para preencher a vaga de Wellington Nem. Assim como contra o Audax, na derrota de 4 a 2, ele deve promover a entrada de Cícero no meio e deslocar Cueva para os lados do campo. Rogério acha que o peruano rende melhor por uma faixa diferente do campo da que iniciou o ano.

– Ficou claro que ele (Cueva) rende melhor em uma das três posições de frente, atrás do centroavante, sem tanta necessidade de exercer a marcação – afirmou Rogério.

Com isso, Neilton vai ter de suar a camisa para conseguir um lugar no time. O alento é que Rogério Ceni já disse que terá de revezar os jogadores que atuam pelas beiradas. Nem e Luiz Araújo começaram o ano como titular por ali. Chavez e Wesley, eventualmente, também podem atuar abertos, mas Neilton é quem tem as características mais trabalhadas para a função.

O atacante que jogou a última temporada pelo Botafogo está emprestado até o fim do ano pelo Cruzeiro, em negociação que levou o volante Hudson a Belo Horizonte. Na chegada, ele disse que quer construir uma história no São Paulo. Vai precisar trabalhar mais. A chance pode ter surgido agora.

OS OUTROS REFORÇOS

SIDÃO
Goleiro ganhou a concorrência com Denis e abriu a temporada como titular, iniciando o jogo na derrota para o Osasco Audax no último domingo. Contra seu ex-clube, sofreu quatro gols, mas ainda segue prestigiado pela boa pré-temporada, em que foi herói do título da Florida Cup defendendo pênaltis.

CÍCERO
Volante entrou no lugar de Nem no último domingo e, segundo Ceni, só não foi titular porque ainda tem um déficit físico. Teve boa atuação. Chegou prestigiado pelo treinador e deve ganhar um lugar no time.

WELLINGTON NEM
Foi um dos melhores na pré-temporada, e de cara pintou como uma das forças técnicas da equipe com dribles, velocidade e arremates. Agora, ficará pelo menos duas semanas fora em tratamento, situação que faz Rogério Ceni ficar mais preocupado com a chegada de reforços.

 

Fone: Lance

2 comentários em “Lesão de Nem abre chance para Neilton ‘se apresentar’ ao São Paulo

  1. O Rogério Ceni deveria dar uma chance ao Neilton entrando como titular em alguns jogos. Afinal, ele jogou muito bem o ano passado pelo Botafogo, que o tinha como seu melhor atacante e garção, sendo o responsável pelas saídas em rápidos contra-ataques. Quem sabe, jogando e readquirindo ritmo de jogo, ele não volte a jogar bem!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*