Lembre a vida e obra de Hilderaldo Luís Bellini, o capitão de 1958

Hilderaldo Luís Bellini nasceu no dia 7 de junho de 1930, em Itapira, São Paulo. Ele começou a trajetória no futebol no pequeno Itapirense, clube da cidade. De lá, transferiu-se para a Sanjoanense, da cidade paulista São João da Boa Vista.

Ascensão

Chegou ao Vasco em 1952. Em São Januário, conquistou o Carioca de 1952, 1956 e 1958 e  o Rio-SP-58. Ele é considerado um dos mais importantes jogadores da história do clube. No total, foram 430 jogos com a camisa vascaína.

Glória

Jogou as Copas de 58, 62 e 66. Ao todo, foram 57 partidas com a camisa verde e amarela. Além do bi nas Copas, Bellini conquistou também a Copa Roca (1957,1960), a Copa Oswaldo Cruz (1958, 1961, 1962), a Taça Bernardo O’Higgins (1959) e a Copa Atlântica (1960).

Fim da carreira

Defendeu São Paulo (1962 a 1968) e Atlético-PR antes de encerrar a carreira em 1970.

Outras atividades

Aposentado no futebol, Bellini foi dono de um supermercado, teve uma fábrica de salgadinhos, dirigiu escolinhas de futebol e abriu uma casa lotérica.  E, claro, recebeu muitas homenagens. Seu hobby, além das peladas com amigos, era o jogo de sinuca.

Desfalque

Com a morte do capitão da Seleção em 58, Bellini, restam apenas sete campeões mundiais de 1958 vivos: Dino Sani, Zito, Moacir, Zagallo, Pepe, Pelé e Mazzola. Em 2013, o ex-goleiro Gilmar e os ex-laterais Djalma Santos e De Sordi morreram.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*