Kardec vibra ao lembrar de gol em último Choque-Rei no Pacaembu

O atacante Alan Kardec perdeu a condição de titular do São Paulo neste início de temporada com a chegada de Jonathan Calleri, mas terá nos dois próximos jogos da equipe a oportunidade de mostrar que pode ser bastante útil ao elenco. A começar pelo clássico deste domingo, às 11h (de Brasília), contra seu ex-clube Palmeiras, no Pacaembu, que lhe traz boas memórias.

“No único jogo pelo São Paulo no Pacaembu, fazer aquele gol no final foi realmente legal, nos deu a vitória. Foi importante, tenho boas recordações de lá. É um estádio que estou acostumado a jogar” disse o centroavante, que anotou o tento da vitória por 2 a 1 já nos acréscimos, de cabeça, em um de seus primeiros jogos pelo Tricolor após sair do alviverde, em 2014.

Na ocasião, o atacante encarou o tento como uma resposta ao presidente Paulo Nobre, que reclamou bastante das suas atitudes na época em que atleta e Palmeiras discutiam a renovação do contrato. Sem acordo, Kardec aceitou uma alta proposta do Tricolor e “pulou o muro”, passando a treinar no CCT da Barra Funda. Desde então, porém, luta para se firmar como titular absoluto.

“Eu trabalho sempre pensando em jogar e não será diferente. Se tiver oportunidade no domingo e depois na Libertadores ficarei muito feliz de poder ajudar a equipe”, observou o atacante, que provavelmente iniciará também a partida contra o Trujillanos-VEN, pela Copa Libertadores da América, já que Calleri está suspenso no torneio continental devido ao terceiro cartão amarelo.

Para o camisa 14, o momento é de aproveitar a boa partida feita contra o River Plate no Monumental de Núñez, quando os tricolores arrancaram um empate por 1 a 1 e se mantiveram vivos na briga por uma vaga na segunda fase da Libertadores.

“Tem que ser sempre assim, nós jogadores têm de fazer disso para mais. O resultado lá ainda não foi o que nós queríamos, mas já apresentamos uma melhora. Espero que façamos coisas melhores daqui para frente”, encerrou o são-paulino.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Kardec vibra ao lembrar de gol em último Choque-Rei no Pacaembu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*