Juan diz que usou “purgatório” para repensar carreira

Cinco meses depois de ser afastado pelo São Paulo, Juan falou pela primeira vez com a imprensa. O atleta disse que tentou usar o que foi chamado por Juvenal Juvêncio de purgatório para repensar a carreira.

Segundo ele, não houve motivos esclarecidos para o seu afastamento. Mesmo assim, ele não quer nem saber do passado e afirma que sua cabeça está 100% focada para mostrar que ainda tem condições de defender um grande clube.

“Vivo uma sensação ótima, não podia ser melhor. Eu vinha me dedicando o máximo para ficar bem e aproveitar a oportunidade quando eu tivesse. Não sei o que aconteceu, mas fiquei à disposição para conversar com outras equipes. Sempre procurei ser otimista e, hoje, estou aqui”, disse ele.

“Durante esse tempo, nunca pensai eu algo que fosse bom só para mim, que pudesse prejudicar o São Paulo. Eu quis fazer o que era bom para os dois lados. Durante os períodos de dificuldade, eu tracei novos objetivos, cuidei da cabeça, trabalhei muito na parte física. Fiquei pensando o que queria para a carreira, para o meu futuro”, completou.

Nesta quinta-feira, Juan, ao lado de seus companheiros, fez apenas trabalho físico. No primeiro coletivo da intertemporada em Cotia, ele ficou no time reserva, deixando Carleto entre os titulares. Vale lembrar que Cortez, que também era da posição, foi afastado.

O São Paulo fica no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, até o dia 25 de maio., No dia 26, o time estreia no Campeonato Brasileiro diante da Ponte Preta, em Campinas.

Fonte: Uol

Um comentário em “Juan diz que usou “purgatório” para repensar carreira

  1. Agora o Juan vai achar que foi recompensado por algum bom trabalho ou dedicação.
    Não se engane meu amigo, você só voltou porque o São Paulo não tem um puto pra contratar ninguém, era pra você estar nessa lista de dispensas fácil fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*