Jogadores do São Paulo afinam discurso e negam clima ruim no time

Os jogadores do São Paulo estão se esforçando para evitar o clima de tensão no elenco. Após alguns atletas manifestarem descontentamento, como o meia Ganso, e o treinador Ney Franco dizer que não tolerará mais indisciplina, a ordem é passar uma imagem de tranquilidade. O zagueiro Edson Silva afirmou que a insatisfação da torcida não contaminou o vestiário tricolor.

“Vestiário está super bem, super tranquilo, o clima está ótimo. O que vem acontecendo é nos jogos. Internamente o ambiente está maravilhoso. Estamos bem um com o outro”, declarou, defendendo o treinador. “O Ney sempre foi desse jeito, o certo é certo e o errado é errado. Ele tem as decisões dele, tem que se impor com as decisões dele”, concluiu.

O lateral Carleto também afirmou que os atletas procuram nem ver a repercussão das declarações dadas após os jogos na imprensa e que o ambiente do clube do Morumbi não se alterou nos últimos dias.

“O grupo está fechado, posso dizer isso. O grupo é bem unido, quer dar alegria para a torcida, quer sair dessa situação, tem time pra isso. Tem que ser respeitada a opinião do treinador. Se tem um ou outro jogador que ele viu pra chegar na conclusão de dar bronca, tem que respeitar”, comentou.

Após a vitória por 3 a 2 diante do Oeste, neste domingo, o Ney Franco revelou que teve uma conversa com o grupo, na qual teria deixado claro que não admitirá novas indisciplinas como as de Lúcio e Ganso, que recentemente reclamaram ao serem substituídos.

“A questão já está resolvida. Nós fechamos com os jogadores. Houve alguns momentos, algumas insatisfações, especialmente em termos de substituições. Isso foi conversado muito frequentemente. Não aceito mais reação de jogador ao sair”, disse.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*