Jefferson revela interesse do São Paulo, mas diz ser difícil deixar Bota

Rogério Ceni ainda não decidiu se vai se aposentar no fim da temporada. Mesmo Assim, o São Paulo já deu início à busca por um substituto para a posição. Jefferson, do Botafogo e da seleção brasileira, é um dos objetivos da diretoria do Tricolor Paulista. O goleiro do Alvinegro admite ter sido alvo de interesse, mas diz que está feliz no Rio de Janeiro e que será difícil deixar o time de General Severiano.

Jefferson, no entanto, agradece o contato que recebeu do São Paulo, que o sondou para saber qual é a sua situação no Botafogo. O camisa 1 alvinegro afirma que se sente valorizado no clube e que não pretende respirar novos ares. Ele, porém, disse que, se uma proposta muito boa para o clube carioca chegar, a situação poderá mudar.

“Fico feliz pelas sondagens, pois é um reconhecimento do meu trabalho. Já teve isso sim, não escondo. Mas nunca escondi também que estou feliz aqui e que quero continuar. Aqui sou valorizado, capitão do time. Para sair do Botafogo fica difícil nesse momento, a não ser que seja uma proposta muito boa para o clube e eles queriam me negociar”, disse o camisa 1.

Além da identificação com o Botafogo, Jefferson não vê com bons olhos uma transferência antes da Copa do Mundo, ainda mais para outro time brasileiro. O goleiro ainda tem esperanças de atuar em um grande clube da Europa, atualmente, a única situação que poderia tirá-lo do Alvinegro.

Nem mesmo uma proposta de um time do exterior que não tenha tanta expressão mexe com Jefferson. Ele já se arriscou no Velho Continente e não tem saudades do tempo em que defendeu Trabzonspor e Konyaspor, ambos da Turquia, entre 2005 e 2009, quando passou por maus momentos na carreira.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Jefferson revela interesse do São Paulo, mas diz ser difícil deixar Bota

    • Tiago, há algumas correntes que dizem que o empresário do Denis já deixou claro que, em o Rogerío Ceni parando, se ele não for o titular vai embora; outra diz que o São Paulo não o quer como titular e, por isso, pode dispensá-lo. O que é certo é que, ao que tudo indica, ele não será o titular em caso de aposentadoria do Ceni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*