Inspirado em filme, Denilson tira lições para a decisão contra o Atlético-MG

O elenco são-paulino está concentrado desde segunda-feira para a decisão na Copa Libertadores, nesta quarta-feira, diante do Atlético-MG. Em situação delicada no torneio, os jogadores conversam sobre a partida e buscam fontes de inspiração para se superar em campo.

Titular, o volante Denilson tem como um dos passatempos assistir a filmes. E, por coincidência, um de seus preferidos carrega no título a situação do Tricolor para a decisão contra o Atlético-MG: “Busca Implacável”, dirigido pelo francês Pierre Morel e lançado em 2008.

– Tudo que o pai passa e supera para encontrar a filha é o que mais me chama atenção. Essa determinação que o pai da garota tem é essencial na vida, seja dentro ou fora de campo e em qualquer profissão – declarou o jogador, ao LANCE!Net.

Antes da partida diante do Arsenal (ARG), pela quarta rodada do Grupo 3 da Copa Libertadores, o volante ainda era dúvida por conta de dores no joelho direito e, como passatempo, Denilson fez questão de assistir ao longametragem.

Na última partida, diante do XV de Piracicaba, o jogador já ia sair após o primeiro tempo, mas deixou o campo ainda na etapa inicial por conta de cansaço. Para essa quarta-feira, o volante tem vontade, raça e disposição multiplicados para aguentar mais do que os 90 minutos necessários.

Em situação delicada na Copa Libertadores, o São Paulo precisa fazer jus ao título do filme para conseguir avançar às oitavas de final do torneio continental. Se depender do final do longametragem, Denilson sabe que os tricolores podem sorrir com uma conquista.

BUSCA IMPLACÁVEL – filme

O filme narra a história de um ex-agente do governo, que abondonou o emprego para ter mais tempo de convívio com a família. O personagem, então, tem a filha sequestrada por traficantes quando ela viaja a Paris com uma amiga. O pai, então, inicia uma busca tortuosa para reencontrá-la.

Confira abaixo o que o São Paulo precisa fazer para se classificar:

São Paulo tem de vencer o Atlético-MG de qualquer jeito

Com o Arsenal vencendo o The Strongest, na Argentina, a disputa vai para o saldo com o time argentino. Hoje, Tricolor tem -2 e o Arsenal, -6. Se o outro jogo empatar, a disputa será no saldo contra a equipe boliviana (ver outra possibilidade abaixo), que tem -1. Se o The Strongest vencer, o São Paulo não tem chance. O segundo critério de desempate é o número gols pró.

Gols pró ou até sorteio!

Só há sorteio em um caso: São Paulo 2 a 1, e 1 a 1 na Argentina. Isso porque gols fora da casa é o terceiro critério de desempate. Hoje, está 3 a 2 pró-São Paulo. Se o jogo na Argentina terminar empatado e o São Paulo vencer por vantagem mínima com outros placares, gols pró decidem. Tricolor tem 6, The Strongest, 7, após a quinta rodada.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*