Insistência do São Paulo no placar deixa Muricy orgulhoso

O São Paulo venceu o Corinthians por 3 a 2 com muito custo, neste domingo. Saiu atrás, buscou a virada, tomou o empate e fez mais um gol depois da metade da segunda etapa para assegurar a vantagem final. A insistência dos atletas deixou Muricy Ramalho muito satisfeito e orgulhoso.

“Fomos corajosos, fomos para frente. Tomamos empate, viramos de novo. Isso mostra que o time tá tendo coragem e pode enfrentar os times de igual para igual”, disse o treinador.

Classificado de forma antecipada, seu time chegou à sexta partida seguida sem derrota e findou um jejum de 12 clássicos. O último vencido havia sido em dezembro de 2012, sobre o próprio Corinthians, também no Pacaembu. Para Muricy, entretanto, o primordial foi ter elevado a confiança coletiva.

“Existia o tabu, mas a gente estava preocupado com a confiança do time, porque esse tipo de jogo dá moral, a gente estava ciente. Os jogadores trabalharam bem antes do jogo, e a conversa foi muito boa. Esse jogo é muito mais para isso do que para outra coisa. O time está muito comprometido, o que estava faltando era uma sequência de jogos bons e um grande teste como esse”, opinou.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Vitória, a primeira depois de 12 clássicos seguidos, deixou o treinador são-paulino bastante satisfeito

A felicidade do comandante são-paulino era evidente após o apito final. Ele teve o nome gritado pelatorcida, retribuiu com tapas no peito, sobre o escudo do clube desenhado na camisa, e não precisou lamentar os dois gols contra anotados pelo zagueiro Antônio Carlos – o que abriu o placar e o que empatou o placar em 2 a 2, depois de Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano terem virado o jogo .

 

“É, rapaz..”, sorriu, quando questionado sobre a infelicidade dupla de seu defensor, minimizada pelo gol decisivo de Rodrigo Caio, aos 33 minutos do segundo tempo. “É aquela coisa do futebol, aquele dia que acontece de tudo com a pessoa. Isso não muda nada sobre o que pensamos dos nossos jogadores. Quem toma gols é nosso time todo”, defendeu.

Vitorioso e cada vez mais confiante, o elenco são-paulino se reapresenta aos trabalhos na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. A delegação viaja no dia seguinte a Maceió, onde enfrentará o CSA, em Maceió, na quarta, pela abertura da Copa do Brasil.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*