Herói da classificação, Volpi mira títulos e fala em ficar no São Paulo

Herói da classificação do São Paulo à final do Campeonato Paulista, Tiago Volpi não esconde a vontade de permanecer no clube do Morumbi nos próximos anos. O goleiro está emprestado pelo Querétaro, do México, até o fim de 2019 e vive a expectativa de ser contratado em definitivo pelo Tricolor.

“Jogar no São Paulo é um sonho, é um grande clube. Muitas vezes a gente esquece de fazer o que tem de fazer neste exato momento. Então o que tenho procurado é fazer é pensar no agora, procurar ajudar da melhor forma e, no final do ano, se o São Paulo realmente vir que eu fui o goleiro ideal para eles, seria muito feliz em poder ficar”, disse, em entrevista ao Sportv.

No último domingo, Volpi defendeu duas cobranças de pênaltis após o empate por 0 a 0 com o Palmeiras, no Allianz Parque, e ajudou a levar o São Paulo à decisão do Estadual, algo que não acontecia há 16 anos. Agora, o arqueiro sonha em ser campeão com a camisa tricolor para convencer a diretoria a mantê-lo no Morumbi.

“Lógico que títulos ajudam muito. Todos os jogadores quando ganham títulos são marcados de uma forma diferente na história. Tomara que a gente possa chegar no final do ano e tomar essa decisão com títulos ganhados também”, acrescentou.

Apesar de ter sido considerado o herói da classificação são-paulina, Tiago Volpi não teve um início de trajetória tranquilo no clube. No começo da temporada, o arqueiro ouviu críticas por parte da torcida, ansiosa por um sucessor à altura de Rogério Ceni. Por isso, ele adota a cautela para manter a boa fase no Tricolor.

“A gente tem que manter o nível de atuações. Não adianta nada fazer um jogo como o de ontem, poder defender pênaltis, ajudar na classificação e não dar uma sequência nisso aí. Olhando para um lado mais crítico, a evolução vem acontecendo. O começo não foi o esperado, mas hoje eu tenho uma média de 16 jogos com a camisa do São Paulo”, analisou.

“Muitas vezes a gente vinha sendo criticado com cinco, seis, sete jogos numa posição que precisa de tempo para provar, ganhar essa sequência, ainda mais num time como o São Paulo, em que existe uma pressão enorme nessa posição, porque o maior ídolo da história do clube foi goleiro. Mas acredito que as coisas estão melhorando. Espero poder dar o meu melhor e ter mais momentos assim”, concluiu Volpi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.