Grupo de Eduardo Alfano desmente voto

O Grupo de Eduardo Alfano acaba de me procurar e desmentir que votará pela absolvição de Carlos Miguel Aidar. A informação que eu havia recebido era de que este grupo, que ficou com Aidar até quase o final do seu mandato, salvaria o ex-presidente. Mas seis conselheiros do grupo (que tem 16), entre eles Alfano, me garantiram que não fecharam posição. Ao questionar qual seria o voto deles, se negaram a me dizer e mandaram dizer ao meu leitor, que é sócio e torcedor, que o voto é secreto.

Eu sugeri que assumissem uma posição e me mandassem a foto do voto. Eles permaneceram na tese de que o voto é secreto. Ou seja: não vão assumir a decisão que vão tomar, nos permitindo entender o que bem entendermos.

Até este momento a informação que tenho é que serão duas cédulas, cada uma com o pedido de expulsão de cada um. Houve uma mudança nas últimas horas. A tendência, nesse momento, é pela expulsão de Carlos Miguel Aidar e absolvição de Ataíde, pois a maioria dos grupos – exceção a de Eduardo Alfano, que mantém posição que o voto é secreto -, é contra a expulsão de Ataíde. Como as alternativas são sim ou não, ele pode acabar se salvando.

 

Paulo Pontes

 

Paulo Pontes

5 comentários em “Grupo de Eduardo Alfano desmente voto

  1. Thiago e outros mais que pensaram que ia acabar em Pizza, se retratem ai e respeitem mais o conselho do clube que é soberano e nunca deixou nenhum problema apresentado acabar em Pizza.
    Os dois receberam a punição justa e espero que sirva de exemplo a todos outros membros do clube.

    Comam ai esta Pizza.

  2. Sinceramente , esse assunto deveria ser tratado internamente nós não temos nada a ver com isso, temos que pensar no futebol , quem sabe dando sugestão e o nosso correspondente Paulo Pontes que leve pra frente, isto sim seria uma contribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*