Grêmio abre negociações com Cortez e aguarda liberação do São Paulo

Um dos alvos do Grêmio para a lateral esquerda está definido: trata-se de Bruno Cortez,  ex-Botafogo e São Paulo, de 29 anos. O clube gaúcho tem negociações em andamento com o atleta e aguarda a definição de uma conversa com os paulistas para liberá-lo do vínculo até julho deste ano.

Cortez trata da liberação deste contrato com o São Paulo para definir seu futuro. Além do Grêmio, o Náutico é um dos interessados no jogador. E esta definição deve ocorrer nos próximos dias. Assim, o lateral-esquerdo fica livre para definir o futuro. Pessoas próximas ao jogador admitem apenas uma sondagem do clube gaúcho, mas que pode evoluir a partir da definição.

As últimas duas temporadas de Cortez foram no Albirex Niigata, do Japão. Jogou 33 partidas em cada ano, com um gol marcado em 2016. Em 2014, disputou o Brasileirão com o Criciúma.

A lateral é uma das carências detectadas pela diretoria do Grêmio para o ano. Desde o ano passado, foi dito que seria buscado um jogador para concorrer com Marcelo Oliveira e Iago, as atuais alterantivas de Renato. Dirigentes confirmaram que o clube faria proposta por um brasileiro que atuava fora do Brasil.

Outros diversos nomes foram especulados, como do chileno Mena e do argentino Vangioni, atualmente no Milan. O primeiro ficou como alternativa, após uma consulta. O segundo interessou, mas os valores acima das possibilidades do clube impediram qualquer movimento por uma investida. Alguns atletas como Fernando Marçal, do Guingamp, da França, e Roberto, do Atlético-PR, também foram procurados inicialmente, mas sem avanços.

4 comentários em “Grêmio abre negociações com Cortez e aguarda liberação do São Paulo

  1. Concordo com o comentário do Domingos, abaixo!
    O Rogério deveria dar uma chance ao Cortez, que jogou muito bem no Botafogo, ao invés de ficar “pagando pau” pro Wesley que não joga nadinha e não faz falta porque tem muitos na posição.
    Rogério: abra o olho!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*