Gerente do São Paulo confirma que Lúcio está fora dos planos

Afastado após desentendimento com o técnico Paulo Autuori, Lúcio tem treinado separadamente em Cotia e não será reintegrado pelo clube. Quem confirma é Gustavo Vieira de Oliveira, que há duas semanas assumiu o cargo de gerente executivo no departamento de futebol.

“Não contamos como ele para o elenco. Ainda não há uma definição. Há uma gama de possibilidades”, disse Gustavo, admitindo até a possibilidade de rescindir o contrato do zagueiro.

O presidente Juvenal Juvêncio já afirmou que planeja negociar Lúcio. O clube espera receber ofertas a partir dessa semana e corre para vender o defensor, de 35 anos. O motivo da pressa é o encerramento próximo da janela europeia de transferências, aberta até 31 de agosto.

Lúcio só deverá ter o exterior como possibilidade de deixar o São Paulo porque já fez dez partidas pelo clube neste Brasileirão, e não pode jogar o resto do torneio com outra camisa. Outra alternativa seria jogar em um clube da Série B, opção improvável por conta dos altos salários atuais do atleta no Morumbi.

Após o afastamento de Lúcio, o São Paulo vive com escassez de zagueiros no elenco. Rafael Toloi, Paulo Miranda e Edson Silva são os mais utilizados por Autuori. Os dois últimos, porém, estão machucados. Por conta dos desfalques, o volante Rodrigo Caio deverá ocupar o setor novamente nesta quinta-feira, em partida contra o Atlético-PR.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.