Ganso lamenta distância para o líder e muitos cartões vermelhos no Tricolor

Para Paulo Henrique Ganso, o empate sem gols com a Chapecoense, na Arena Condá, não foi um resultado tão ruim, considerando o fato do São Paulo ter jogado parte do segundo tempo com um jogador a menos. Com o resultado, o São Paulo perdeu a chance de se aproximar do líder Cruzeiro e viu adversários ficarem mais perto na disputa por uma vaga na Libertadores.

– A gente tinha de conseguir a vitória para encostar mais no Cruzeiro. Mas valeu. Com um a menos o time se portou bem ali atrás e não sofreu como aconteceu no primeiro tempo, quando estávamos com 11 jogadores – afirmou o meia.

O camisa 10 acredita que as seguidas expulsões estão atrapalhando o São Paulo na busca pelos resultados positivos.

– Ninguém vê o que o time vem fazendo, sempre jogando com um a menos. Hoje o Paulo teve de matar a jogada senão a gente ia acabar tomando o gol. Desde o primeiro jogo no Morumbi (contra o Huachipato) estamos jogando com um a menos. O time está se desgastando ao longo das partidas – afirmou o jogador

Mas para Ganso o São Paulo não pode jogar a toalha na busca pelo título. O Cruzeiro segue sete pontos à frente do Tricolor, com 24 pontos ainda em disputa.

– Faltam oito jogos, a gente tem que aproveitar as oportunidades e encostar o quanto antes no Cruzeiro – disse o meia.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Ganso lamenta distância para o líder e muitos cartões vermelhos no Tricolor

  1. Valeu mesmo: afinal no fim do mês os quinhentinhos cai na conta, néh!
    Lamentável foi a atuação desse cidadão no jogo de ontem. Agora vem falar de expulsão!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*