Ganso admite não ter chance de disputar a Copa: ‘fica para a próxima’

ganso037

Paulo Henrique Ganso reconhece que não vale ficar alimentando a ideia de uma convocação para a Copa do Mundo. A seleção deixou de fazer parte do cotidiano do meia, que esteve cotado para o Mundial de 2010, na África, e que defendeu o país na Olimpíada. Em entrevista ao UOL Esporte, o jogador do São Paulo diz em tom resignado que a meta agora é a Copa de 2018, na Rússia.

“Eu esperava sim jogar [em anos anteriores]. Eu estava na briga. Mas não fomos chamados. A lista da Copa não está definida, mas todos os jogadores já estão meio cientes de quais serão os convocados. Será uma tristeza ver a Copa sendo disputada no Brasil, mas ainda sou novo. Dá para pensar em jogar uma próxima Copa. Fica para a próxima”, declarou o meia de 24 anos, neste sábado, em evento promocional no Shopping Morumbi.

O atleta não fez parte de nenhuma convocação de Luiz Felipe Scolari neste retorno do técnico ao time nacional. Em 2011, Ganso era titular do time na disputa da Copa América, então treinada por Mano Menezes.

Na seleção brasileira, Oscar é o titular absoluto na faixa central do meio de campo. Willian tem sido chamado para o setor. Ramires e Hernanes aparecem como outras opções.

O camisa 10 do São Paulo diz não se sentir abalado por ser carta fora do baralho para o Mundial no Brasil. Sua meta atual é conseguir funcionar o esquema ao lado de Pato e Luis Fabiano no ataque do São Paulo.

O trio ofensivo não tem a característica de marcação. Ganso conta que Muricy Ramalho tem instruído os atletas de ataque a ajustar o posicionamento sem bola.

“Na verdade, não é aprender a fazer a marcação. A ideia é se possível fechar os espaços e pressionar a marcação no ataque. No treinamento, nós três [Luis Fabiano, Pato e Ganso] estamos buscando ocupar os espaços, tendo também o Osvaldo. O Muricy já falou que vai armar o time da melhor forma possível”.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*