Fabuloso não crê em respeito por parte do Tigre

A final da Copa Sul-Americana deste ano traz dois clubes com um histórico de títulos bem distinto. De um lado, o São Paulo, tricampeão da Libertadores e do Mundo, além de hexacampeão brasileiro. Do outro, o modesto Tigre, com seis títulos da segunda divisão argentina e três vices da primeira.

Porém, de acordo com o camisa 9 Luis Fabiano, a grande diferença no número de conquistas não deve influenciar em nada e os argentinos não respeitarão, pelo menos durante os dois confrontos da decisão, a história do clube do Morumbi.

– A gente está acostumado a ver que camisa não ganha jogo, história não ganha mais jogo. Seleção Brasileira tem muita história e hoje ninguém respeita a Seleção, (os adversários) vêm para cima. Acho que não vai haver respeito, vão tentar fazer de tudo para sair com um bom resultado de lá. E a gente vai no nosso trabalhinho, no nosso futebol, dar uma surpresinha para eles – disse o centroavante, no saguão do Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Sobre o jovem elenco tricolor, Fabuloso disse que busca, com sua experiência, tranquilizar os atletas e enfatiza que, apesar de novos, os são-paulinos já são experientes.

– A gente procura passar tranquilidade, conversar, passar as experiências que nós já vivemos em alguns jogos, em algumas finais. Mas eles estão preparados, são jogadores que sabem de sua responsabilidade, jogam no São Paulo, estão preparados para tudo. – completou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*