Ex-Boca Juniors, Cañete promete reforçar torcida argentina no Pacaembu

O meia Marcelo Cañete se recupera de gravíssima lesão no joelho e espera voltar a defender o São Paulo dentro de 30 dias. Formado no Boca Juniors, o meia argentino contou ao UOL Esporte que mantém forte vínculo sentimental com o clube de Buenos Aires e avisou que pretende ir ao Pacaembu para assistir à decisão contra o Corinthians, quarta-feira, às 21h50, pela Libertadores.

Formado na base do Boca Juniors, Cañete afirma ter noção da rivalidade que existe entre Corinthians e São Paulo.

“Estive falando com meus amigos jogadores do Boca. Vou visitá-los aqui em São Paulo para animá-los e para que eles possam conseguir a Libertadores. Vou na concentração e no jogo também. Quero muito ir”, disse Cañete, que deve entrar no estádio como convidado da delegação – já que não há mais ingressos para a torcida argentina.

No período em que defendeu o Boca Juniors, Cañete era chamado de “Román Jr”, uma referência a Juan Román Riquelme, astro do time. Até pelo fato de atuar na mesma posição do camisa 10 do Boca, Cañete não teve muito espaço, sendo emprestado para o futebol chileno, onde se destacou. A comparação com o ídolo Riquelme agrada Cañete.

“Para mim foi uma alegria muito grande ter o meu máximo ídolo como referência. É inesquecível. O Riquelme sempre me aconselhou. Eu estava tranquilo. Mas não foi por isso que não triunfei [concorrência com Riquelme]. Tive lesões e isso me atrapalhou…”, afirmou.

O São Paulo apostou na contratação de Cañete no ano passado. Ele se contundiu em setembro de 2011, em jogo pelo Brasileirão. A lesão no joelho foi considerada rara, e Cañete já está 10 meses sem atuar.

Fonte: Uol

 

Nota do PP: É o muito que nos resta para esta noite. Mais uma vez, obrigado, Juvenal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*