Entenda por que Diniz estabeleceu o lado direito como o forte do São Paulo

O São Paulo derrotou o Vasco na última quarta-feira e apresentou um melhor desempenho em campo depois de quatro partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro. O Tricolor entrou em campo com uma formação ofensiva e contou com um lado direito dominante, que ditou o ritmo do jogo.

Depois de realizar diversos testes na equipe, Fernando Diniz parece ter definido que Daniel Alves será meio-campista no São Paulo. Atuando como um segundo homem no setor, o camisa 10 foi um dos principais responsáveis por organizar as jogadas, conectando a defesa ao ataque.

Beneficiando-se da técnica de Daniel Alves, Diniz armou o time com outros dois jogadores se aproximando do veterano, com o objetivo de gerar superioridade numérica e tabelas pela direita. Dessa forma, Juanfran e Antony posicionaram-se próximos ao camisa 10 e os principais lances da equipe foram construídos com a participação do trio.

De acordo com o Footstats, as três maiores interações de passes entre jogadores do São Paulo no jogo contra o Vasco envolveram o lateral, o meio-campista e o atacante. Juanfran passou a bola 22 vezes para Antony, enquanto Daniel Alves acertou 19 passes para Antony e o camisa 39 acionou o número 10 em 17 ocasiões.

Ao aproximar o trio, Diniz possibilita a formação de triângulos pela direita, o que facilita jogadas de tabelas com ultrapassagens. Além disso, ao atrair o adversário para esse setor, o Tricolor tem a possibilidade de inverter a bola e encontrar Reinaldo livre no outro lado.

Com a vitória sobre o Vasco, o São Paulo foi a 57 pontos, ocupando a sexta colocação do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time do Morumbi terá pela frente o Grêmio, fora de casa, às 19h. O Tricolor Gaúcho está na quarta posição, com dois pontos de vantagem em relação à equipe de Diniz.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

5 comentários em “Entenda por que Diniz estabeleceu o lado direito como o forte do São Paulo

  1. Na minha opiniao o Daniel deveria atuar pela ponta direita como um ala com total liberdade para atacar e o espanhol pela direita la atras subindo poucas vezes ate porque tem idade avancada ambos os jogadores .
    Daniel como meia é furada para o SP e para ele ,pois ele nao rende na meia e na seleçao ele atua de lateral,daqui a pouco ele não sera mais convocado a continuar assim, desloca o Antony para esquerda para jogar com o Reinaldo acredito que seria a melhor coisa a se fazer.

    • Irretocável. Penso a mesmíssima coisa. Já deveriam ter feito isso a muito tempo.

      Daniel como lateral nunca foi grande coisa, pois não marca tão bem. Já como ala, ainda é o melhor do mundo.

      Pela direita, Antony não faz uma jogada de linha de fundo. Nenhuma. E isso já se comprovou em inúmeros jogos. Por que não testá-lo na esquerda?

      • Antony é canhoto, e tem como jogada principal o corte para dentro, para um chute ou drible ou tabela.

        Vc tirar o Antony da direita, local q ele joga desde a base, é perder o ponto forte do ataque do SP.

        O Dani no psg e juve já jogava como um ponta, pois não tem mais pique pra ir e voltar como lateral. Porém desde o Barça ele é um ala construtor de jogadas ao invés de correr até o fundo e cruzar. Como ele é um cara q constrói jogadas, ele no meio é sim uma boa opção, pois deixar ele na ponta direita é atrapalhar o antony

        • Gustavo, quantas jogadas pela linha de fundo o Antony faz por jogo?

          Na direita, ele corta pra dentro e bate no gol, o que é verdade. Mas quantos gols Antony marcou até agora no brasileiro? Reinaldo e o Vitor Bueno marcaram mais que ele. Até o Osvaldo do fortaleza fez mais. Desculpa, mas isso não é digno de atacante titular do São Paulo Futebol Clube. Um atacante que não não faz nem cinco gols e também não dá assistências? Não mesmo.

          Na esquerda, ao menos, o garoto poderia usar o seu forte que é o drible e cruzar para que os atacantes peguem a bola de frente, como deve ser. Acredito que Pablo e Pato marcariam vários gols assim.

          Daniel atrapalhar o Antony? Desculpa, mas é o Antony que atrapalha o Daniel e não o contrário. Daniel Alves ainda é excelente na ponta direita para o nível do futebol brasileiro.

          Se o menino Antony jogou toda a base pelo lado direito é melhor rever isso, porque nesse lado tem se mostrado medíocre, como os números comprovam. Na seleçãozinha ele joga bem, mas onde realmente importa que é o profissional do Tricolor até agora não deu resultado. Marcamos apenas 35 gols. Impossível dizer que temos lado forte no ataque.

          • É exatamente isso que penso ele Antony tem uma séria deficiencia em finalizar as jogadas ,por isso acho perda de tempo tentar esses lances,melhor seria ele servir la pela esquerda que é a perna boa para o passe ou cruzamentos,pra quem eu não sei Pablo???,mais aí já é outro problema que existe nesse elenco mal montado para variar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.