Embalado, São Paulo tenta acabar com jejum contra o Santos

Vindo de três vitórias no Brasileirão – a última contra o Internacional, fora de casa – o São Paulo está embalado para tentar acabar com um jejum de dois anos contra o Santos. O Tricolor não vence um San-São desde o dia 10 de junho de 2012, quando no Campeonato Brasileiro bateu o Peixe por 1 a 0. O duelo acontece no Morumbi, às 16 horas deste domingo.

Os comandados de Muricy Ramalho – que na última vitória são paulina treinava o Alvinegro – tentarão um feito que não acontece há cinco jogos. Desde a última vitória do São Paulo, foram três vitórias do Santos e dois empates, sendo o último no Paulista deste ano, sem gols, também na capital paulista.

E para tentar acabar com a sequência ruim diante do rival praiano, o técnico Muricy Ramalho contará com a volta de Souza. O volante cumpriu suspensão automática e foi substituído por Hudson diante do Internacional, na última quarta-feira, e será a principal novidade na escalação. A tendência é que o camisa 5 tenha mais liberdade do que Denilson, mais preso à marcação.

Muricy também ganhou reforços no banco de reservas. O volante Maicon, recuperado de tendinite na coxa direita, e o zagueiro Lucão, de volta após título com a Seleção Brasileira sub-20, ficarão como opções. O time titular, exceção feita a Souza, será mantido em relação à comemorada vitória sobre o Internacional em Porto Alegre. Incluindo o quarteto com Ganso, Kaká, Alexandre Pato e Alan Kardec.

– Quando está no caminho certo, não adianta o técnico querer se meter muito. Quando o time não está bem é que tem de procurar soluções. A gente joga de forma bem posicionada, sabe o que faz no campo. Temos opções para mexer. Jogamos duro na quarta, teve viagem, vamos esperar um pouco mais.

ROBINHO É O PRINCIPAL DESFALQUE DO PEIXE

O técnico Oswaldo de Oliveira perdeu sua principal arma para vencer o clássico fora de casa. Robinho sofreu um estiramento na coxa direita durante a vitória do Santos por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, na última quarta-feira. A comissão técnica contava com o camisa 7 até os últimos minutos, já que durante o treinamento deste sábado ele correu em volta do gramado. No entanto, não foi relacionado.

Para suprir a ausência no setor ofensivo, Gabriel treinou entre os titulares. Este pode ser o primeiro jogo de Gabigol após retornar ao Brasil nesta semana depois de vencer o Torneio de Cotif, com a Seleção Brasileira sub-20.

O ataque santista deve ser completo com Leandro Damião e Thiago Ribeiro se juntando a Gabigol. Os dois primeiros aliás, quebram um jejum na última partida e balançaram as redes, algo que ainda não tinha acontecido neste Campeonato Brasileiro.

Mesmo desfalcado, o treinador do Santos afirma que não mudará seu estilo de jogo contra o ofensivo Tricolor.

– Vamos jogar da mesma maneira que temos jogado, que as vezes é defensiva também porque uma das melhores defesas do Campeonato Brasileiro. O Santos tem a capacidade de defender e de atacar, embora algumas vezes não tenhamos sido tão efetivos atacando. Mesmo nos jogos que perdemos tivemos mais oportunidades que os adversários – disse Oswaldo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X SANTOS

Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/Hora: 24 de agosto de 2014, às 16h
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior (ambos de SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Alvaro Pereira; Denilson, Souza, Ganso e Kaká; Alexandre Pato e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Gabriel, Thiago Ribeiro e Leandro Damião. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*