Em treino com gol de Ceni, Maicon é praticamente confirmado no time

O último treinamento do São Paulo antes do jogo contra o Cruzeiro, neste sábado, foi de alegria especialmente para dois jogadores. Maicon está praticamente confirmado em um time no qual antigos titulares como Paulo Miranda, Cícero e Casemiro devem ficar no banco de reservas. E Rogério Ceni participou integralmente de um rachão fazendo até gol na vitória de sua equipe.

A primeira parte da atividade teve um trabalho de bola parada. Ao posicionar defensores e jogadores que atacavam, Milton Cruz esboçou a equipe em um 3-5-2 com João Filipe, Rhodolfo e Edson Silva na zaga, ajudados na grande área por Cortez, Maicon e Luis Fabiano.

Na outra equipe, estavam Cícero, que não treinou na quinta-feira por conta de dores no joelho direito, e Casemiro. Ambos eram titulares na reta final de Emerson Leão, assim como Paulo Miranda, sempre escalado pelo ex-técnico do time e que, agora, não consegue vaga mesmo com três zagueiros escalados.

Os treinos desta sexta-feira se encerraram com um rachão, atividade que Leão não comandava nem gostava de ouvir o nome. O clima descontraído e até de empenho exagerado por parte de alguns atletas ficou claro neste ponto dos trabalhos pela manhã.

Rogério Ceni atuou integralmente no time de Lucas. Mesmo sem tirar as luvas – antes, fez trabalhos específicos da posição –, o goleiro atuou na linha e aproveitou cruzamento rasteiro para chutar na trave e marcar um dos gols de sua equipe, que venceu por 7 a 2 o conjunto que tinha Luis Fabiano.

“Mandei bem demais na escolha da minha equipe”, disse Lucas, que marcou dois gols. “Parei de contar quando fizemos o quinto”, sorriu Cortez, que teve também ao seu lado Cícero, Fernandinho, Casemiro, Rafinha, Leonardo, além de Bruno Uvini, Edson Silva, Rhodolfo e Maicon, que também marcaram gols. A outra equipe tinha Léo, Luis Fabiano, Denilson, Jadson, Osvaldo, Lucas Farias, Paulo Miranda, Piris, João Filipe, Douglas, Denis, Luis Fabiano e Jadson – os dois últimos balançaram as redes.

Rogério Ceni inicia suas últimas semanas de recuperação de cirurgia no ombro direito, ocorrida em janeiro. O ídolo até se esforçou para ter chances de atuar nas finais da Copa do Brasil, nas duas próximas semanas, caso o São Paulo avançasse, mas sua estreia na temporada deve ocorrer somente no final de julho.

Ainda sem Ceni, o Tricolor deve ser escalado no estádio Independência neste sábado contra o líder do Campeonato Brasileiro com Denis; João Filipe, Rhodolfo e Edson Silva; Douglas, Denilson, Maicon, Jadson e Cortez; Lucas e Luis Fabiano. Os únicos desfalques são os machucados Wellington, Cañete e Fabrício, além de Ceni.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*