Em crise, Aidar promete reunião com elenco e espera grana até de Abilio Diniz

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, já reconhece que a dívida do clube passa da casa dos R$ 270 milhões, mas agora diz que o valor está equacionado e que não haverá mais atraso de pagamento aos jogadores. No Panamá, onde a cúpula são-paulina está para uma série de ações de marketing com a patrocinadora Copa Airlines, o dirigente falou sobre o rombo nos cofres e prometeu uma reunião com o elenco a fim de tranquilizá-los sobre a possibilidade de haver novos atrasos.

Aidar falou em resposta ao presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, sobre as declarações de que o clube não conseguirá honrar seus compromissos a partir de outubro. Leco falou baseado em análise do ex-CEO Alexandre Bourgeois, que ficou com a responsabilidade pelo alarde da crise, nas palavras de Aidar.

– Não falei com os jogadores ainda, mas pretendo fazê-lo, infelizmente não vou estar a tempo do jogo contra a Chapecoense (na noite desta quinta-feira), mas vou estar no sábado, antes do jogo contra o Avaí. Veja só, o que o Leco fez foi repercutir aquilo que o Alex falou. Ou seja, o São Paulo não terá dinheiro. Tanto terá como vem tendo. Atrasou período de imagem, colocou-se em dia e tem todas as obrigações em dia. Um clube que coloca todas suas obrigações em dias tem de ser aplaudido e não criticado. A proposta do Alex era: não vamos pagar, vamos atrasar atletas e fornecedores, prestadores de serviço, fazer caixa com esse dinheiro e negociar com bancos a melhor condição. Eu não penso assim. Se tem dinheiro tem de pagar, agora deixar de pagar para fazer caixa, acho extremamente absurdo – afirmou Aidar.

Aidar admitiu que, com o argumento de resolver parte dos problemas financeiros do clube, antecipou cotas futuras, como o dinheiro que teria de receber da fornecedora Under Armour até dezembro de 2016.

– Hoje, posso dizer que a dívida está equacionada. Só que é uma equação muito cara. Estou pagando 180% da taxa Selic de juros por ano. Outros contratos já foram antecipados pela antiga administração. Tive de antecipar dois anos da Under Armour para poder melhorar a situação financeira do clube – declarou.

Para sair do buraco, Aidar apresentou duas propostas. Um plano de gestão profissional, para reduzir custos e aperfeiçoar os investimentos, e um fundo de investimentos para gerar R$ 200 milhões. E neste ponto, o presidente surpreendeu ao dizer que tão logo o fundo seja criado, oferecerá o título de investidor número 1 a Abilio Diniz, empresário que é hoje um dos seus principais opositores e ao qual criticou fortemente ainda no Panamá.

– Quando o FIDC (Fundo Investimento de Direitos Creditórios) for aprovado, ele será uma das primeiras pessoas a ser procurada para investir. Quero dar a ele a chance de ser o investidor número 1, o primeiro. Mas não adianta querer investir dinheiro e mandar no clube – avisou Carlos Miguel.

Aidar pretende criar o fundo nos próximos dias e quem quiser aderir ao investimento terá de desembolsar no mínimo R$ 1 milhão. A garantia para quem injetar dinheiro será dada sobre direitos econômicos de atletas jovens, baseado no valor da multa rescisória do contrato.

Fonte: Lance

10 comentários em “Em crise, Aidar promete reunião com elenco e espera grana até de Abilio Diniz

  1. A imprensa não eh exigente, é tendenciosa e aproveita do perfil do torcedor pra vender. Cabe a nós filtrarmos o que sai na mídia. A maioria dos torcedores são Paulinos eh modinha e acha que tudo que está sendo publicado eh verdade. Por ex. Idolatram o Abílio Diniz como se fosse o salvador da pátria e senhor da verdade, mas esse cara, que se diz são paulino, nunca fez nada pelo tricolor, inclusive nas gestões anteriores, ou seja pura politicagem.
    Devido ao perfil do torcedor a imprensa deita e rola com notícias sensacionalista.

    Não vejo o torcedor do tricolor como exigente.
    Vaiam o time enquanto qualquer torcedor de outro time apoiaria. Não vejo a torcida cobrando diretoria nos jogos. Soh cobra nos blogs da vida e nos sites que publicam matérias de veracidade duvidosa.

    Logo, Anderson87 VC está corretíssimo, bota apoiar o Tricolor e deixar de lado essas matérias tendenciosas.

  2. Eu ainda não vi comentário aqui, ou de alguém da diretoria, sobre o fato denunciado pelo ex-CEO de que os 25 milhões da venda do Boschilia foram gastos com pagamentos a empresários. Gostaria de ver confirmada ou desmentida a denúncia, para ter certeza de quem é quem nessa bagunça que virou o meu tricolor paulista.

  3. Bem, eu não me importo com os outros times – estou me lixando para o que falam dos outros.

    Do São Paulo, uma coisa é certa, exige-se um modelo de gestão que pague suas contas em dia e isto não vinha acontecendo.

    A partir daí, começou-se a caça as bruxas para entender o que acontece e o que acontece até agora não foi divulgado.

    A hora de afastar os corvos e dizer o que acontece é agora. Quanto mais se postegfar a divulgação da verdade, mais questionamentos e pressão da imprensa haverá.

    Precisamos acordar para a realidade que o SPFC é um clube que tem um histórico administrativo e moral – nisto temos sempre que ser exemplo.

  4. Na minha opinião, que não sei nada de bastidores, é assim… Sempre houve e sempre haverão comissões, favores, agrados, etc… (Só para citar, um outro dia li que o patrocínio grande de uma empresa de remédios para o sccp, em mais de 20% era pro Ronaldo), não aconteceu nada , não houve alarde… Então caros Tricolores, Nem ao céu nem ao inferno… Esse jornalista do UOL, Guilherme não sei do que, deve ser o distribuidor de assuntos de tanta confusão e nem sempre verdadeiros. A fonte dele deve ser JJ e ou Leco.

  5. Esse fundo tendo como garantia os direitos econômicos dos jogadores só vai nos trazer problemas. Dentro e fora dos campos.
    Essa garantia é absolutamente volátil.

  6. Se estamos mal em campo a imprensa sómente fala em desmancha, Osório em seleção do Mexico etc. quando acertamos o time só se fale em divida, o negócio é mesmo tumultuar o ambiente do São Paulo. O negócio é cair fora dessas noticias e procurar sites e blogs que alíviam a barra para o nosso lado.

  7. tomara que de certo ,tomara que o São Paulo estabilize ,eu não agrado desses caras mas vou torce muito pra eles serem honesto com meu tricolor ,cansei de ver noticias ruim vou acompanhar só o time dentro de campo ,vamos ganha da chapecoense e dps do avai a diferencia vai cair e nos vamos ganhar esse brasileiro

    • Se ta ruim pro São Paulo, imagina para o resto.

      Tudo bem que cada caso é um caso, mas se o Flamengo deve R$ 700.000.000,00, não tem estadio, não tem nada, não podemos estar pior do que eles.
      Mas como sempre só o São Paulo é noticia (ruim).

      O time esta ruim, sim esta, mas para o padrão de exigência do São Paulino. A nossa crise é ficar em 4º ou 5º no campeonato. No ano em que o São Paulo “quase caiu” no Br. ficou em 10º, ou seja, para o torcedor do São Paulo é 8 ou 80, ou é campeão ou o time não presta. Isso explica pq as noticias ruins do SP tem tanta repercussão entre os torcedores.

      • Exatamente. Enquanto a torcida e a imprensa forem exigentes com o São Paulo nós não teremos o que preocupar, porque o dia em que acabar as exigências nós seremos como o Flamengo e etc. Dêem graças a Deus que existem torcedores chatos e que fiscalizam e denunciam porque se não fosse eles nossa dívida estaria em 700 mi. Se o torcedor é um conformista ele não é perfil de sãopaulino mesmo.

        • opçao minha nao leio noticias ruim do sao paulo fora de campo preocupo só torce pro sao paulo ganhar partidas e titulos ,esse negocio de conformista nao tem nada ver se vc gosta de noticia ruim bom proveito ,aproveita vai la no conselho e segue mas de perto , do jeito que vc fala ate parece que no sao paulo nao tem corrupcao ae pq os torcedor ficam em cima ,aff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*