Em alta, Jadson vai ao Pacaembu; Pato fica em casa para evitar vaias

O reencontro de Jadson e Pato com São Paulo e Corinthians, respectivamente, não será completo neste domingo. Apenas o meio-campista irá ao Pacaembu assistir das arquibancadas ao primeiro Majestoso da temporada. Por causa da estrutura limitada do estádio e de querer evitar problemas com a Fiel, que tanto o criticou nos últimos meses, o atacante verá o clássico de casa, pela televisão.

MONTAGEM - Alexandre PAto São Paulo e Jadson Corinthians (Foto: Editoria de arte)Pato assistirá ao clássico em casa, enquanto Jadson acompanhará duelo no Pacaembu (Foto: Editoria de arte)

 

 

Animado com a partida, Jadson ficará no lugar onde costumam se concentrar os membros da diretoria corintiana e familiares dos atletas. Em alta pelas boas atuações nas cinco partidas com a camisa alvinegra, o meia se empolgou com a ideia de assistir ao jogo do estádio para ver mais de perto o carinho dos corintianos.

Em campo, o técnico Mano Menezes admite que seu camisa 10 vai fazer falta, sobretudo por ele estar sendo fundamental na reação da equipe no Campeonato Paulista. Por um acordo de cavalheiros entre as diretorias dos rivais, o Corinthians descartou o pagamento de uma multa para ter o jogador em campo.

– É bem provável que vamos sentir a ausência do Jadson, mas é bem provável que vamos estar melhores do que estávamos antes de ele chegar. Melhoramos muito, e ele é parte disso – afirmou Mano.

Alexandre Pato preferiu o caminho inverso. O São Paulo ainda não confirma, mas o jogador dificilmente vai se arriscar a ir ao estádio neste domingo. O atacante sabe que seria hostilizado pelos corintianos por não ter conseguido render o esperado após o clube desembolsar R$ 40 milhões para contratá-lo do Milan.

O jogador, aliás, era um dos alvos dos vândalos que invadiram o CT Joaquim Grava no mês passado para cobrar mais empenho do elenco. O tumulto, ainda investigado pela polícia do estado, foi a gota d’água para que Pato e seus representantes decidissem deixar o Alvinegro ainda neste primeiro semestre.

A estrutura do Pacaembu também não permite que Pato acompanhe os jogos da tribuna. O número de camarotes é bastante limitado. Além disso, as áreas reservadas a dirigentes e familiares é bem próxima das arquibancadas, o que facilitaria o acesso dos torcedores ao atacante. Pior, para chegar a esses setores, ele precisaria se deslocar entre os corintianos.

Depois de um mês de treinamentos, Pato vive agora a expectativa da estreia pelo Tricolor nesta semana. O jogador já foi confirmado como titular pelo técnico Muricy Ramalho para enfrentar o CSA, quarta-feira, às 22h, em Maceió, pela primeira fase da Copa do Brasil.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*