Em 1974, a primeira vitória de uma série que persiste até hoje

São Paulo e Sport se enfrentam hoje (5) no Morumbi e a equipe paulista defende uma considerável marca contra o time de Recife: o Tricolor nunca perdeu para o Sport jogando no Estádio Cícero Pompeu de Toledo. Mais que isso: todos os 13 jogos disputados no Morumbi terminaram em vitória para o clube da casa.

Essa história vitoriosa começou em 1974, quando São Paulo e Sport entraram em campo para disputa válida pelo Campeonato Brasileiro. Os são-paulinos venceram por 2 a 1, dois gols de Serginho Chulapa. Com os gols, Serginho chegara a liderança da artilheria da competição nacional, empatado com Zé Roberto, do Coritiba, com sete gols.

O primeiro gol da partida saiu em jogada de Terto, que centrou a bola para Serginho. O zagueiro ficou esperando a marcação de impedimento, que não veio. Assim, Serginho, livre, dominou tranquilamente a bola e marcou o primeiro gol do São Paulo, aos 13 minutos.

Até o fim da primeira etapa, o São Paulo só havia conseguido executar dois bons lançamentos para Piau, graças a Pedro Rocha e Ademir. Na primeira jogada o goleiro interviu, chutando a bola para lateral. No segundo lance, semelhante ao primeiro, o Tricolor não abriu o placar porque Piau errou o passe para Serginho, que estava sozinho na área, permitindo que o goleiro Alberto defendesse facilmente.

Como castigo, o Sport conseguiu o empate ao fim do primeiro tempo, com Rubens Salim, que chutou com violência da intermediária contando com a visão incoberta da Waldir Peres.

Com o empate, o jogo melhorou muito. O São Paulo partiu para o ataque, restando ao Sport jogadas de contra-ataque. Pelas pontas, o São Paulo pressionava, mas não era contundente. O tempo passava e quando a torcida começou a vaiar o São Paulo, Serginho desempatou o jogo aproveitando-se de um rebote em bola chutada na trave por Terto, dando números finais ao jogo: São Paulo 2 x 1 Sport.

 

SÃO PAULO 2 X 1 SPORT

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo
Data: 10 de abril de 1974
Árbitro: Agomar Martins Röhrig
Renda: CR$ 26.232,00
Público: 2.925 pagantes

SPFC: Waldir Peres; Nelson, Paranhos, Arlindo e Gilberto Sorriso; Chicão e Pedro Rocha; Terto (Mauro Madureira), Ademir (Muricy), Serginho Chulapa e Piau. Técnico: José Poy

Gols: Serginho Chulapa (2)

SCR: Tião, Molinas, Lula, Alberto, Luizinho, Wilson, Fumanchu, Helinho, Adãozinho, Salim e Orlando.

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*