É oficial: Marco Aurélio Cunha não continuará no São Paulo

A gestão de Leco ficará pela segunda vez sem um diretor-executivo de futebol. Depois da saída de Gustavo Oliveira, após a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras em 7 de setembro, agora é Marco Aurélio Cunha quem vai deixar o cargo. Conforme o Tricolornaweb antecipou no final da tarde desta segunda-feira, ele continuará atuando no planejamento para 2017, inclusive viajando para a Florida Cup. Mas na sequência voltará a trabalhar para a CBF, de onde estava licenciado.

A Decisão de Marco Aurélio foi tomada a partir de dois pontos: o compromisso à frente da Seleção Brasileira feminina e, principalmente, a proximidade da eleição presidencial do Tricolor, que ocorrerá em abril. Ele não quer ser usado como trunfo eleitoral e prefere manter distância da turbulência política, que já acomete o clube há muito tempo, e que deve ser intensificada a partir da vidada do ano.

Marco Aurélio, inclusive, já havia retomado as atividades como coordenador de Seleções femininas durante o Torneio Internacional de Manaus, onde sagrou-se campeã.

A princípio volta a trabalhar em seu lugar o advogado Alexandre Pássaro, juntamente com o vice-presidente de futebol, José Alexandre Médicis e o diretor de futebol, José Jacobson, na busca por reforços para o Tricolor.

 

Paulo Pontes

3 comentários em “É oficial: Marco Aurélio Cunha não continuará no São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*