Douglas é absolvido pelo STJD e pode pegar o Coxa

Expulso na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, na 24ª rodada do Brasileirão, o lateral-direito são-paulino Douglas foi julgado nesta sexta-feira pelo STJD e acabou absolvido, ficando livre para enfrentar o Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira.

Além de ter cumprido a suspensão automática, ele corria o risco de receber mais cinco jogos de gancho por ter sido enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em “jogada violenta”.

Com a liberação, o jogador briga para voltar à equipe titular.  Na quarta-feira, contra a LDU de Loja (ECU), pela Sul-Americana, ele foi preterido pelo zagueiro Paulo Miranda e só atuou por alguns minutos no fim do jogo. Por outro lado, foi um dos destaques do último compromisso pelo Brasileiro, contra o Cruzeiro, domingo passado, quando fez a jogada do gol.

No julgamento, o preparador de goleiros Haroldo Lamounier foi punido com um jogo de gancho por unanimidade de votos. Também no duelo contra o Atlético-MG, o profissional invadiu o gramado e xingou o árbitro Sandro Meira Ricci, o que o fez responder por “ofender alguém em sua honra”.
Haroldo costuma aquecer Rogério Ceni com chutes a gol antes do apito inicial e no intervalo.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*