Diretoria do São Paulo rescinde contrato com lateral-esquerdo Diogo

O lateral-esquerdo Diogo não pertence mais ao São Paulo. A diretoria perdeu o interesse em manter o atleta no clube e rompeu o contrato que era válido até março de 2015.

O jogador de 23 anos passou todo ano de 2012 encostado no CFA de Cotia, treinando com os atletas que superaram a idade para disputar competições de base, mas não são aproveitados pelo profissional.

Antes do início da temporada de 2010, ele entrou na justiça questionando o contrato que tinha com o São Paulo, assim como Oscar e Lucas Piazon. Após seguidas derrotas nos tribunais, Diogo aceitou retornar ao clube e assinou por cinco anos.

Em janeiro de 2010, Ricardo Gomes avisou que o atleta, se não tivesse entrado na justiça, iniciaria o ano como titular. Após o problema, ele só estreou pelo time profissional do Tricolor em julho daquele ano.

Pouquíssimo aproveitado, Diogo foi emprestado para o Goiás e depois para o Anderlecht (BEL).

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*