Derrota serve de lição ao São Paulo para manter foco no Brasileiro

A derrota para o Colón, em pleno Morumbi, não estava nos planos do São Paulo. Confiante por conta da boa sequência conquistada no Campeonato Brasileiro, o Tricolor acreditava que conseguiria encaminhar sua vaga para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Surpreendido em casa, a equipe de Diego Aguirre agora recolhe os cacos do mau resultado e o usa como aprendizado para se manter focado.

– Tiramos uma lição de um jogo que tínhamos que ter saído com um resultado melhor para jogarmos tranquilos na Argentina. Agora, é virar a chave rápido. Na derrota, aprendemos muito. Fica a lição para levarmos não só para a Argentina, mas para domingo, contra o Vasco – afirmou o volante Hudson, capitão do São Paulo na derrota para a equipe argentina.

Embora a briga por uma vaga nas oitavas de final tenha ficado difícil para o Tricolor do Morumbi, que agora precisa reverter a derrota para o Colón em Santa Fé, a comissão técnica pede que o elenco se mantenha focado e não deixe o ritmo cair. Afinal, nos últimos 20 jogos, o time conquistou excelentes vitórias, como contra Flamengo e Corinthians, e teve apenas três derrotas.

– Me senti orgulhoso pelas grandes vitórias, e temos que assumir que pode acontecer uma derrota. O que não pode acontecer é que essa derrota nos mude em alguma coisa. Temos de continuar sendo protagonistas no Brasileirão. Faz parte, temos, como time, que ter tranquilidade – disse o técnico Diego Aguirre, em coletiva no Morumbi.

Sem tempo para lamentar a derrota em casa, o São Paulo vira a chave e volta o foco no Brasileirão. No próximo domingo, pela 17ª rodada, o Tricolor medirá forças com o Vasco, no Morumbi. O São Paulo é o vice-líder da competição, com 32 pontos, apenas dois atrás do Flamengo, dono da ponta da tabela de classificação.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “Derrota serve de lição ao São Paulo para manter foco no Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*