Denis lamenta por “infelicidade” de Renan e vê novo goleiro como necessário

O São Paulo venceu o Atlético-MG por 2 a 1 neste domingo, de virada, mas a partida ficou marcada pela movimentação sob o travessão tricolor. Em franca competição pelo posto de titular do gol do time, Renan Ribeiro começou o jogo entre os 11, mas acabou falhando no gol de Hyuri, aos 22 do primeiro tempo, e deixou o campo aos 44 após sofrer luxação no dedo médio da mão esquerda. Denis poderia ter comemorado o desenrolar desta tarde, mas optou por defender a concorrência saudável pela titularidade.

“A questão não é a titularidade, o São Paulo tem que ter vários goleiros de alto nível. A gente nunca sabe o que pode acontecer, assim como hoje. Eu tive a felicidade de jogar o ano todo sem nenhuma lesão, mas são 68 jogos, bastante jogo no ano”, disse o jogador ao Premiere na saída de campo.

A iminente chegada de Sidão, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Botafogo e tinha seus direitos ligados ao Audax, também não parece causar dor de cabeça a Denis. “Se acontece de machucar um, tem que ter três ou quatro goleiros do mesmo nível. Se eu não me engano, está acabando o contrato do Léo, não sei se vai renovar ou não, então já precisaria de mais um reforço”, prosseguiu.

O contrato do goleiro Léo tem validade até o fim da atual temporada, de modo que o Tricolor perde sua terceira opção para o gol. Apesar de frequentemente criticado pela torcida são-paulina, Denis fechou a meta no segundo tempo e impediu o Galo de voltar a marcar.

“Uma infelicidade do Renan. Fraturou mesmo o dedo, então é difícil ficar em campo. Lamento porque somos companheiros e ninguém gosta de ver o companheiro machucado. Pude entrar e ajudar a equipe, o que venho fazendo no ano todo. Consegui segurar o resultado mesmo com uma pressão agora no segundo tempo do Atlético”, afirmou.

O goleiro parece confiante em seu desempenho em 2017, quando terá a figura de Rogério Ceni como comandante. “Trabalhei com o Rogério e sei a pessoa séria e o profissional que ele é. Vai nos ajudar muito e ser um excelente treinador”, elogiou Denis.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Denis lamenta por “infelicidade” de Renan e vê novo goleiro como necessário

  1. Goleiro de sorte, ou goleiro sem sorte ?
    Seguinte;
    O Renan jogou meio tempo(ou menos) mas é goleiro de sorte
    como todos que fazem o time ganhar. Se o goleiro não joga bem
    e mesmo que leve gol o time ganha, este goleiro é ótimo para
    a torcida.
    O Denis jogava bem , mas, quando o time precisava tomava gol
    fatal e o time perdia. Quando jogava bem o time perdia.
    Em sintese é isto. Goleiro que ganha jogo é sempre o querido da torcida
    e dos companheiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*