Denilson pode entrar para a história se encerrar a carreira no São Paulo

Que o volante Denilson é são-paulino de coração, todos sabem. Em suas declarações, entrevistas e até nas redes sociais, nunca escondeu seu amor pelo clube.

No entanto, o que ninguém sabia era a vontade do camisa 15 de defender o São Paulo até o fim de sua carreira. Em entrevista ao LANCENET! nesta terça-feira, o camisa 15 revelou o desejo de permanecer no Morumbi “para sempre”, apelando para a emoção e deixando a razão totalmente de lado, já que tem vínculo com o Arsenal (ING) até o fim deste ano.

E se o desejo de Denilson se concretizar, o são-paulino de apenas 24 anos tem tudo para se tornar o volante com mais jogos na história do clube. Somando suas duas passagens (2005-2006 e 2011-2012), o atleta tem ao todo 89 jogos pelo Sampa.

Só em 2012, já disputou 51 partidas, somando Paulistão, Copa do Brasil, Brasileirão e Sul-Americana. Com o Nacional e o torneio intercontinental ainda em andamento, o atleta tem a chance de entrar em campo mais 17 vezes (10 no Brasileiro e 7 na Sul-Americana), podendo chegar a 66 atuações pelo clube neste ano e 106 no total pelo Tricolor.

Imaginando que vá encerrar sua carreira no Morumbi, Denilson poderia ser o volante com mais apresentações na história. Para isso, teria que perseguir a incrível marca de Bauer, um dos maiores ídolos do clube e ícone da posição, que jogou de 1944 à 1957 e vestiu o uniforme são-paulino em 400 oportunidades.

De Bauer para Denilson são 294 jogos de diferença. Se quisesse ultrapassar o “Monstro do Maracanã”, o autor do golaço no Choque-Rei do último sábado precisaria – baseando-se que ele vá completar os 66 jogos neste ano e vá manter esta média pelos anos seguintes – de aproximadamente mais quatro temporadas e meia no São Paulo.

Claro que a “meta” não depende só de Denilson, pois há o Arsenal e até o próprio São Paulo envolvidos. Mas impossível de acontecer não é, ainda mais tratando-se de um cara sonhador e apaixonado pelo Tricolor como é o volante são-paulino.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*