De volta ao Brasil e aliviado, São Paulo descarta torcer por Corinthians

A vitória por 2 a 1 sobre o Danubio deu um alívio e mais tranquilidade ao São Paulo na briga pela classificação para a próxima fase da Copa Libertadores da América. A situação do Tricolor seria ainda mais facilitada em caso de triunfo do Corinthians sobre o San Lorenzo, nesta quinta, mas os são-paulinos nem pensam em manifestar torcida pelo rival.

“Eu não torço”, declarou rapidamente o goleiro Rogério Ceni, no desembarque da delegação tricolor no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, no fim da tarde desta quinta. O Tricolor aparece no segundo lugar do grupo 2, com nove pontos, enquanto o Corinthians tem 12, e o San Lorenzo aparece com seis.

Em caso de triunfo do time de Tite nesta quinta, em Itaquera, o São Paulo depende apenas de um empate contra o próprio Corinthians na última rodada para avançar. Já um triunfo dos argentinos embolaria novamente a chave, deixando o San Lorenzo empatado com o Tricolor.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Rogério Ceni descartou torcer pelo rival Corinthians para ter a vida facilitada na Copa Libertadores da América

Mesmo assim, o presidente Carlos Miguel Aidar também se recusou a declarar apoio ao rival. “Torço para o São Paulo”, afirmou, quando questionado sobre o Alvinegro.

O atacante Alexandre Pato deixou claro o alívio do elenco depois da vitória no Uruguai, mas seguiu o discurso dos demais, lembrando que nenhum resultado em Itaquera garantiria a classificação antecipada do São Paulo.

“Temos de pensar em nós. Com qualquer resultado nós vamos ter que trabalhar para o último jogo também”, declarou. Antes de voltar as atenções para a Libertadores novamente, o São Paulo tem clássico contra o Santos, domingo, pela semifinal do Paulistão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*