Dagoberto ignora ausência de camisa 9 e exalta ataque tricolor

O São Paulo começou o ano à procura de um camisa 9 para comandar seu sistema ofensivo, já que Ricardo Oliveira não conseguiu renovar seu empréstimo no clube. O técnico Paulo César Carpegiani lamentou várias vezes a ausência de um substituto ao jogador, mas conseguiu encaixar a linha de frente com o retorno do meia-atacante Lucas, que estava na seleção brasileira Sub-20.

Com um trio formado por Lucas, Fernandinho e Dagoberto, o Tricolor encontrou sua melhor fase na temporada e nem sente mais falta de um jogador de referência na área adversária.

“Há algumas semanas, era uma preocupação grande não ter o camisa 9, mas hoje estamos com tranquilidade, porque a equipe vem fazendo bem o seu papel. Os jogadores da sub-20 voltaram e chegou também o Willian, que sabe fazer gol”, avaliou Dagoberto, citando o reforço que atualmente é reserva do elenco.

Em função do esquema com jogadores rápidos, Dagoberto está com a responsabilidade de ser o principal finalizador do São Paulo, atuando mais próximo do gol, o que não é um problema para o atleta.

“O melhor para mim é jogar. É uma coisa nova na minha vida e estou desempenhando a função da melhor maneira possível, estou tendo uma facilidade muito grande”, completou.

Da Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*