Cueva pede dispensa e é liberado para acompanhar parto do filho

A passagem do peruano Cueva no São Paulo pode ter tido seu último capítulo escrito na noite da última quarta (9). Prestes a se apresentar para a seleção peruana para a disputa da Copa do Mundo da Rússia, o meio-campista foi liberado pela diretoria tricolor para acompanhar o nascimento de sua filha em seu país-natal. Sendo assim, o camisa 10 não joga contra o Bahia, no próximo fim de semana, e o clássico contra o Santos.

– O Cueva tem contrato com o São Paulo ainda e vamos torcer para que ele faça uma excelente Copa do Mundo, é bom para todo mundo. Ele vem alegando, desde a semana passada, preocupação com a esposa que está grávida e depois alegou que poderia adiantar o parto, que ela teve contraturas e dores. Obviamente que queremos neste momento todo mundo focado, com a cabeça no São Paulo. Conversei com ele, alertei da importância dele para este momento no grupo, mas, realmente, ele está com preocupações com a esposa. Queremos um grupo todo na mesma sintonia – falou Raí, diretor de futebol do São Paulo, sobre a situação do peruano.

O jogador entrou no segundo tempo da partida contra o Rosario Central, na vaga do meia-atacante Valdívia, e acabou sendo expulso nos minutos finais do duelo por envolvimento em uma briga com os jogadores adversários. Na zona mista, o peruano pediu para não falar com os jornalistas. O meio-campista viaja nesta sexta (10) para o Peru reencontrar sua família e acompanhar o nascimento de seu filho.

De acordo com a programação das atividades da seleção peruana antes da Copa do Mundo, os jogadores convocados precisam se apresentar no dia 21 de maio, véspera do jogo com o São Paulo com o Santos, pelo Brasileirão. A tendência, no entanto, é de que o camisa 10 do Tricolor nem sequer vá para o clássico no Morumbi. Raí comentou o tema.

– Provavelmente sim (referindo-se à possibilidade de Cueva não jogar contra o Santos). O parto estava previsto para o começo da semana que vem, mas ele alegou que parto deve ser adiantado e, por isso, estava preocupado, perturbado. Acho difícil uma volta para o próximo jogo contra o Santos. Até porque a federação peruana já estava pedindo para todos os jogadores, aqueles que pudessem pelo menos,  se apresentarem antes do dia 21 – concluiu o cartola tricolor.

Ao todo, com a camisa do São Paulo, o meio-campista fez 89 jogos e anotou 20 gols. O jogador chegou ao clube em junho de 2016, após se destacar no Toluca, do México, e chegou a ser um dos principais atletas do Tricolor no ano passado. Entretanto, Cueva nunca demonstrou muito comprometimento com o clube do Morumbi e foi perdendo espaço após a chegada de Diego Aguirre.

4 comentários em “Cueva pede dispensa e é liberado para acompanhar parto do filho

  1. Não vai fazer falta nenhuma, mas pqp, jogador de futebol está mimado demais, na década de 80 e 90 não tinha essa moleza toda não, e isso pq antigamente jogador de futebol não ganhava rios de dinheiro e hoje qualquer caneludo ganha pelo menos 200 mil. Vai um trabalhador comum pedir dispensa de 10 dias do trabalho pq está preocupado com a esposa para ver o que vai acontecer.

  2. Rai, dispensa o cara para a seleção do Peru ja, depois vende para o primeiro que aparecer.
    Esse cara joga sem vontade e esta se lixando para o São Paulo e vcs se humilhando pra ele, agora quem tem vontade e da o sangue vcs não estão nem ai é por isso que o São Paulo FC esta nessa merda que da dó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*