Com semana livre, Ney exalta ter força máxima contra o Náutico

A pausa não poderia ter vindo em momento melhor. Após ter jogado pela Copa Sul-Americana e pelo Campeonato Brasileiro na última semana, o São Paulo terá cinco dias para se preparar para o decisivo duelo do próximo domingo, contra o Náutico. A partida é muito importante para o Tricolor, que poderá garantir a presença na primeira fase da Taça Libertadores da América de 2013. Para que isso aconteça, a equipe precisará vencer o confronto que disputará no Morumbi e ainda torcer para que o Botafogo não derrote o Sport na Ilha do Retiro.

– Teremos uma semana para trabalhar e mobilizar o grupo. Isso ocorre num ótimo momento, já que o time está desgastado. Quem acompanha o trabalho, sabe que não estamos priorizando nenhum campeonato. Os atletas estão cansados, acho que deu para perceber isso no segundo tempo da partida contra o Grêmio. Por isso, vamos aproveitar bem o tempo para descansar, recuperar e preparar a equipe – disse Ney Franco.

O técnico comemora o período de folga por dois motivos: recuperar os jogadores fisicamente e também por poder voltar a escalar força máxima após três partidas. Paulo Miranda, que havia sido efetivado na lateral-direita, está recuperado da lesão no joelho direito e ficará com a vaga de Douglas, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No meio-campo, Wellington retorna de suspensão. Com isso, o treinador poderá mandar a campo o time e o esquema tático que fizeram o Tricolor crescer nesse Campeonato Brasileiro. A escalação seria: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Luis Fabiano e Osvaldo.

Outro atrativo importante para a disputa do fim de semana será a presença do meia Paulo Henrique Ganso, contratado em agosto por R$ 23,9 milhões. Recuperado de um estiramento muscular na coxa esquerda, o jogador já aprimora a forma física e participará do jogo-treino de quinta-feira, no CT da Barra Funda. Se tudo correr bem, ficará como opção no banco de reservas. Com todos reforços, o capitão Rogério Ceni aposta tudo no jogo de domingo.

– Antes da Sul-Americana, precisamos nos garantir no G-4. Título é bacana, é importante, mas não podemos nos esquecer do Campeonato Brasileiro – afirmou o goleiro.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*