Com Natel como vice, Leco lança campanha à reeleição no São Paulo

O atual presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, lançou nesta quarta-feira sua campanha presidencial, em evento realizado no Itaim. Leco, como é conhecido, tenta a reeleição e seu primeiro mandato completo à frente do clube do Morumbi.

O lançamento ocorreu no mesmo dia em que também começa a campanha do oposicionista José Eduardo Mesquita Pimenta – as eleições acontecem na segunda quinzena de abril, em data não definida.

A chapa terá Roberto Natel como vice-presidente. Natel, que foi vice na atual gestão, chegou a lançar candidatura própria, mas desistiu e retornou à base aliada do atual mandatário. Já o candidato à presidência do conselho será Marcelo Pupo Barbosa.

“Estive durante esses seis meses conversando com sócios e conselheiros”, disse Natel, explicando sua volta à base de Leco. “Junto com o Leco, vai fazer com que a gente tenha esse sucesso. Eu me sinto confortável de estar aqui hoje participando para fazer um São Paulo grande”.

Leco assumiu a presidência do São Paulo após a renúncia de Carlos Miguel Aidar, acusado de corrupção. Em 2015, viu seu time chegar à semifinal da Libertadores, mas fazer campanha fraca no Brasileirão, flertando com o rebaixamento e terminando no meio da tabela.

“Sou candidato tendo já feito um trabalho, tendo mostrado a que vim”, afirmou Leco. “As circunstâncias nas quais assumi são conhecidas. Muita coisa mudou nesse período, desde outubro de 2015. Apesar de todas essas reviravoltas, quero começar a unir os princípios que me acompanham na vida”.

“Retomamos a tranquilidade, a credibilidade, a transparência e a honestidade. Geramos mais de R$ 35 milhões em receita e patrocínio, reduzimos e alongamos as dívidas”, continuou o presidente.

Ex-diretor de futebol, diretor jurídico, vice-presidente de futebol e vice-presidente geral, Leco é uma figura presente na história do clube desde a década de 80. Chegou a ser cotado como candidato à presidencia em 2014, mas acabou preterido por Juvenal Juvêncio em favor de Carlos Aidar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*