Com jogo no final de semana, Dorival tem baixa de titulares no treino

O São Paulo segue treinando forte para a próxima partida do Campeonato Brasileiro, que acontece neste sábado, contra a Ponte Preta. Com a semana livre para buscar triunfar após duas partidas sem vitória, o técnico Dorival Júnior comandou as atividades desta segunda-feira, que teve duas baixas importantes.

Logo no início do treino, o volante titular Jucilei se chocou com o também volante Jonathan Gómez e caiu no gramado. Prontamente a equipe médica do São Paulo realizou uma primeira avaliação, e constatou trauma na coxa esquerda. O jogador irá passar por avaliação na próxima terça, mas não deve preocupar para o restante da semana.

Jucilei deixou o treino do São Paulo após choque com Gómez (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Outra baixa foi o meia Marcos Guilherme. Poucos minutos depois da saída de Jucilei, o jogador também deixou os trabalhos após acusar desconforto no quadril. Assim como o companheiro de time titular, Marcos Guilherme, em um primeiro momento, não preocupa para a partida contra a Ponte Preta, no estádio do Morumbi.

O treino desta segunda-feira também marcou a volta de Lucas Pratto a atividades de maior contato físico. O atacante participou sem restrições e não demonstrou nenhum problema. O argentino chegou a arrancar aplausos de Dorival Júnior ao marcar gol em trabalho de dois contra dois.

A principal atividade comandada por Dorival na tarde desta segunda-feira colocou em campo reduzido dois times de dez jogadores, que se enfrentavam em busca do gol. A primeira escalação titular contou com Sidão; Militão, Lugano, Bruno Alves e Edimar; Petros, Hernanes e Thomaz; Lucas Fernandes e Pratto. Sem poder contar com Jucilei, Dorival aproveitou para jogar com apenas dois volantes e Thomaz foi escolhido para o lugar de Marcos Guilherme. O jovem Lucas Fernandes, muito elogiado pela comissão técnica, ficou com a vaga que hoje é ocupada por Cueva, que está com a seleção peruana na disputa das Eliminatórias.

O segundo treino, novamente em campo reduzido, uma espécie de “mini-coletivo”, contou com o mesmo selecionado titular. Dessa vez, o time que possuía a posse de bola tinha liberdade para avançar com todos seus jogadores. O time reserva, composto por Lucas Perri; Buffarini, Aderllan, Shaylon e Júnior Tavares; Gomez, Maicosuel, Marcinho e Denilson; Gilberto, venceu por 8 a 5.

Apesar de optar por jogar novamente com Lugano no lado direito da zaga, desta vez com Bruno Alves pela esquerda, Dorival ainda deve utilizar a semana livre para decidir quem ficará com a vaga de Arboleda, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.