Ceni projeta sequência com desfalques e vê elenco cansado

Crítico do calendário nacional, Rogério Ceni terá dificuldades para armar o São Paulo em seus próximos compromissos. Em meio à reta final da primeira fase do Campeonato Paulista e do afunilamento da Copa do Brasil, o técnico vê o elenco tricolor cansado pela quantidade de jogos disputados em um curto período de tempo.

Para piorar, não poderá contar com Cueva, Pratto e Buffarini, que defenderão suas respectivas seleções nas Eliminatórias Sul-Americanas, entre os dias 23 e 28. Ele até estudava poupar alguns jogadores para o duelo com o Botafogo-SP, nesta quarta-feira, em Ribeirão Preto, mas o empate por 1 a 1 com o Ituano, no último sábado, no Morumbi, o impediu de fazer isso.

“Se tivéssemos vencido, planejava tirar alguns do próximo jogo, mas temos uma vantagem que não nos dá esse direito. Perderemos três jogadores por seleções, lesões de Rodrigo Caio, Maicon, Sidão… O Paulistão só permite 25 jogadores de linha, perdemos seis e isso diminui nossa força, principalmente para a parte física”, analisou, preocupado.

O jogo de sábado aconteceu com menos de 72 horas de intervalo entre a decisão com o ABC, em Natal, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Diante da equipe do interior paulista, o São Paulo teve a “pior atuação” no ano, nas palavras de Ceni, e não conseguiu desgarrar na tabela do Grupo B do Estadual – lidera com 15 pontos, contra 14 do Linense e 11 do Red Bull Brasil a três rodadas para o fim da primeira fase.

“Precisamos de pontos contra o Botafogo, mas estamos desgastados. Não tivemos nenhuma semana livre para descansar mais, então precisamos compensar essas ausências, com Gilberto no ataque, Chavez… Mas na lateral só teremos dois sempre. Para o meio, é questão de escolher um sistema que se encaixe melhor aos jogadores à disposição”, acrescentou, descartando torcer para Cueva e Pratto levarem cartões amarelos nas Eliminatórias para serem suspensos e retornarem mais cedo para o clube.

“Torço pelo sucesso dele e do Pratto, que também está pendurado. Eles merecem pelo que fazem aqui. Que voltem bem e sem lesão, porque teremos um mês de abril só com decisões”, concluiu Ceni, referindo-se ao mata-mata do Estadual e aos duelos com o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil, além do jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, contra o Defensa y Justicia-ARG.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

7 comentários em “Ceni projeta sequência com desfalques e vê elenco cansado

  1. Concordo, Rogério Ceni está num início de trabalho num clube de ponta, e todos sabemos que é inteligente e lhe falta experiência na profissão.
    Mas para com esse mimimi de cansaço, falta de tempo para treinar, elenco reduzido…isso é comum a maioria dos clubes. E também assuma os erros nas substituições e pare de passar a mão na cabeça de quem não está rendendo e coloque para treinar, quando tiver condições volta para o banco.

  2. Quando o RCeni começou como treinador ele disse que, por ter trabalhado com “ótimos” treinadores, ele teria aprendido um pouco de cada um. OK: imagine com quem ele aprendeu a usar a desculpa do cansaço? Acertou; ele mesmo: o nosso querido Burrici. Só o S.Paulo joga nas quartas e nos fins de semanas; os outros jogam só uma fez. Só o SPaulo viaja muito para jogar; os outros jogam sempre em casa. Só o SPaulo não tem tempo para treinar os outros…
    Pare com isso Rogério! Põe em campo o que voce tem de melhor e esqueça que vai “estourar” algum atleta. Os canelas de vidro estouram jogando apenas uma vez por mês (tipo o Carlinhos o Wesley e outros tantos). Acaso algum se lesione, coisa que faz parte do dia a dia e pode acontecer, inclusive, em treinos, você coloca o melhor substituto possível e a vida segue…

  3. Mais uma vez vou dizer, faz no minimo uns três anos que a preparação fisica do São Paulo esta péssima, ja passou da hora do Sr Leco tomar providencias, não serve manda embora.
    Quando tinhamos na comissão tecnica: Fisiologista Dr Turibio, Prepardor fisico Carlinhos Neves, Fisioterapeta Rosã, e mais alguem que não lembro de momento, o time voava e não tinha essa choradeira, mas o finado JJ acabou mendando os caras embora.
    LECO, manda os que estão embora e va buscar esses que seu amigo JJ mandou embora, ai vai parar a choradeira.
    Vc RC, esta começando agora e ja chora demais, se acha que não vai dar pra encarar vai embora, deixa alguem de mais competencia assumir.

  4. Cansaço? Estamos no início do ano ! E vamos ser mais claros, a maioria dos times também contam com 25 no Paulista e com um pouco mais na Copa do Brasil.
    Será que só o SPFC tá sofrendo disso? Esse discurso está ficando cansativo e a realidade não vai mudar por causa dele (nem na maior pressão sofrida no Santos eu vi Dorival Jr. usando isso para se justificar). Além do que RC foi jogador e sabem bem disso, não é um técnico que desconhecia o sistema maluco de jogos no Brasil.

  5. Cansaço????
    Quem sabe esse “cansaço” não possa ser traduzido por “falta e/ou mau planejamento”.
    Enquanto os outros times estão pegando no breu, pelo que parece, o nosso está com a mecha apagando.

  6. Quem deveria estar pedindo descanso era o pessoal da base, e não jogadores como o Cicero, que se joga na quarta não aguenta jogar no sábado. Essa de dizer que para jogar o Lucas Fernandes e Shaylon e o Araruna é preciso mudar o esquema de jogo, então mude logo porque são esses é que vão aguentar o calendário. Temos o Lyanco, Junior, Araruna, Shaylon, Araujo, Lucas F. que podem ser titulares e aguéntariam o tranco. Técnico começou reclamar de calendário “é a senha”, esquecem que todos os times estão no mesmo barco, a regra é a mesma para todos.

  7. Começou a choradeira ,para de pardalar e acerte a equipe ,feito isso precisando descansar os caras coloque o um time reserva inteiro de preciso e ponto.Ta com muita desculpa e o timr segue levando gols todo jogo ,isso fora o ataque que imperrou de vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*