Ceni diz que Pato pediu para bater. Atacante agradece e celebra atuação

Alexandre Pato foi o melhor em campo da vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Bragantino, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O atacante deu assistência para o primeiro gol e marcou o segundo. Mas só marcou, em cobrança de pênalti, porque pediu a Rogério Ceni que o deixasse bater a penalidade sofrida pelo uruguaio Alvaro Pereira. Ceni deixou e entregou a bola nas mãos do atacante. No fim da partida, os dois saíram de campo abraçados, em Ribeirão Preto, e falaram sobre o momento. Ceni contou o pedido que ouviu, e Pato agradeceu.

“Acho que ele precisa ganhar confiança, acho que precisa se motivar. Ele pediu naquele momento, está com confiança, bateu, fez o gol. Eu, para mim, hoje um gol a mais ou a menos não faz diferença. Para ele pode fazer. Ele pediu para bater. Sei que bate bem. Nesse momento tem que pensar no mais jovem. Ele estava precisando de um gol”, falou Rogério Ceni, à Rádio Globo. O goleiro ainda afirmou que Pato tem de mostrar empenho em todos os jogos, como nesse, pela terceira fase da Copa do Brasil: “Ele tem potencial técnico, e tem que querer cada dia mais, porque só a técnica no futebol não convence”

Pato admitiu que precisa aproveitar as raras oportunidades como titular. “Quando ele estava vindo eu vi que ele estava passando perto de mim, como ele passou perto eu pedi. Se ele não passasse eu não teria pedido. ‘Rogério, posso bater?’. Ele disse: ‘Está confiante?’. Falei: ‘Estou'”, explicou Alexandre Pato.

“Todo dia eu me esforço, quero ser um campeão. Consegui alguns títulos na minha carreira, mas o mais especial está por vir que é pelo São Paulo. Acho que estou trabalhando bastante, sei das cobranças que tenho, mas as mais importantes são do treinador e do grupo. Eu escuto essas. Tenho que aproveitar minhas oportunidades. Correr bastante e me esforçar muito. Feliz pela confiança que o professor tem em mim. Hoje eu aproveitei isso. Tenho que me esforçar mais sim, trabalhar muito mais, mas hoje estou feliz pelo resultado”, acrescentou.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*