Ceni defende estratégia e diz que São Paulo teve muitos ‘erros primários’

Rógerio Ceni considerou que muitos “erros primários” custaram ao São Paulo um melhor resultado na derrota para o Corinthians, neste domingo, em Itaquera. Sem tratar de falhas individuais, o comandante explicou a decisão de jogar com três zagueiros (Lucão, Maicon e Douglas) e viu sua equipe em alguns momentos controlar bem o Majestoso.

– Fizemos uma formação com três zagueiros, dois alas e três homens no meio-campo para bloquear toda e qualquer ação dos Corinthians. Para mim, o principal jogador do Corinthians é o Jô, então tínhamos de proteger bem a defesa para jogadas nele. Sabíamos que era torcida única, com 40 mil pessoas, o Corinthians ia atacar. Pensamos em defender bem, para nos contra-ataques e bolas paradas fazer o gol. Logo tomamos um gol por falta de pressão no Jadson (a assistência foi de Marquinhos Gabriel), que achou o passe ao Romero. Tínhamos o jogo bem controlado, e aí erramos a saída. Cometemos muitos erros primários para quem quer vencer um clássico – analisou o técnico.

Do trio de defesa, a surpresa foi a entrada de Douglas, que não jogava desde o fim de março. Sua entrada se deu também como uma forma de conter Jô, neste caso em jogadas pelo alto. Ceni também considera que neste quesito a opção tricolor chegou a funcionar, mesmo que tenha sido do zagueiro o pênalti que resultou no terceiro gol.

– A escolha do Douglas se deu porque o Corinthians ataca muito pelo lado do Arana e o Jô procura o segundo pau. Era quem eu tinha para disputar esta bola alçada com o Jô. O lado mais forte de ataque, sem o Fagner, é o Arana. O Romero joga naquele lado, eles fazem boas triangulações e colocam bolas no segundo pau. O jogador mais similar às características do Jô era o Douglas tanto é que o Jô não levou vantagem neste tipo de jogadas. Por isso a escolha do Douglas no dia de hoje – acrescentou.

Ainda sem vencer como visitante no Brasileirão, o São Paulo parou nos nove pontos e perdeu a chance de entrar no G4 do Brasileirão. O Corinthians, enquanto isso, segue líder agora com 16. Com direito a elogios sobre o rival, o técnico tricolor considera que a confiança é um diferencial no time comandado por Fábio Carille.

– O adversário é muito bom, muito bem treinado e tem uma coisa chave: confiança. Você vai ganhando confiança com vitórias, mas eles são muito bem entrosados, mesmo sem o Fagner o Paulo foi bem na lateral direita. É um time bem competitivo e nosso time também foi. Só erramos mais que o Corinthians. O jogo foi 3 a 2, mostra que conseguimos chegar no gol do Corinthians, o Corinthians também chegou ao nosso gol, mas cometemos mais erros que o Corinthians. Talvez tenha sido isso esse o motivo (do resultado) – encerrou.

Fonte: Lance

10 comentários em “Ceni defende estratégia e diz que São Paulo teve muitos ‘erros primários’

  1. Enquanto o Rogério não se conscientizar que tem no mínimo seis jogadores no elenco que não pode ser escalados de forma nenhuma, não chegamos a lugar algum, é bater em ponta de faca. Não tem 5 3 2, 4 3 3, 3 4 3, 4 2 3 1, 4 1 4 1 que resolva, se não puder contratar use a base, ficamos no meio da tabela este ano e tudo bem.

  2. O Rogério tem parcela de culpa na derrota? – SIM – Mas lembremos do material que ele tem para trabalhar… sem reforços, metade do time no Reffis e a outra sendo negociada o Rogério ainda está tirando leite de pedra!
    Sinceramente 3×2 foi um alivio pois pensei que iriamos tomar uma verdadeira goleada ontem.
    DIRETORIA CADE OS REFORÇOS?????

  3. Deveria manter a escalação do jogo anterior… Do meio pra trás precisam estar entrosados… e jogar sempre no mesmo posicionamento, sempre…

    E o Douglas? 100% de aproveitamento… perdeu todos os jogos que ele entrou!

  4. Sim, os erros primários começaram na escalação:

    3 zagueiros – Lucão, Douglas e Maicon. Os três são fracos tecnicamente, mas pelo menos se não escalássemos o Douglas, o Militão poderia ser o terceiro zagueiro. Não precisava 3 zagueiros e mais o Militão.

    2 centroavantes – Gilberto e Lucas Pratto. Dois jogadores bons, mas que só funcionam junto em alterações para o segundo tempo em certas ocasiões. Nenhum dos dois é um jogador de velocidade. Ele opta por tirar nosso principal finalizador (Pratto) da área.

    Como um time sem jogadores de velocidade puxaria um contra-ataque? Sendo assim, se defenderia tanto para tentar o quê com a bola? Algum cruzamento? Jogar no chuveirinho e torcer para dar certo?

    Tivemos uma escalação que não fazia sentido. Uma filosofia que não faz sentido nem dentro nem fora do campo.

    Lucão? Douglas? No time titular? Todas as vezes que estão em campo, cometem falhas graves que prejudicam muito o time.

    Foi uma das escalações mais esquisitas que já vi na minha vida.

    Com todo o respeito pela opinião de cada um, claro.

  5. Rogerio Ceni nosso maior idolo como jogador, agora como treinador esta saindo uma lastima, e pior nao é capaz de admitir que errou e continua errando.

  6. Precisa informar RC que a futebol um esporte coletivo e depende muito do conjunto, um time com jogadores medíocres bem trenado como o Corinthians se ganha com futebol antigo.
    O estilo moderno do RC e levará nos para onde?

  7. Aos poucos o Rogério vai perceber que a m… fede! Só ele não sabia disso. Escalar o Douglas para conter o Jô (sic)!!! O Douglas não tem nenhuma condição de vestir nossa camisa. Soma-se a ele um cara que se acha craque e não joga nada: Maicon e um trapalhão que atende pelo nome de Lucão. Ele – RC – ainda vai perceber que a m,… fede!

  8. Rogério queria que você explicasse a insistência com o Lucão, ele e o Denis são as pessoas deste mundo com mais oportunidades na face da terra, e já provaram que não servem para compor o elenco do São Paulo, também gostaria de entender a entrada do Douglas que não jogava há mais de 3 meses, como iríamos ganhar da galinhada com sem ao menos um meia, porque o Lucas Fernandes e o Shaylon são relacionados e nunca jogam?
    Concordo que o elenco não é dos melhores, mais o elenco da galinhada não é tudo isso, nossa zagua sofreu com o “craque” Romeiro, o Maicom já passou dá hora de ir para o banco, como você treina o time a semana toda e o mesmo se apresenta desorganizado, parece um catado de colegas de final de semana, cadê aquele futebol do início da temporada de compactação, marcação pressão, os caras não acertam nem um escanteio, você precisa rever seus conceitos ou o elenco não está com você.

  9. Rogerio admita uma vez só que vc errou na escalacao, deixou o time inteiro defendendo e tomou gol logo aos 6 minutos e de que adiantou, foi erro primario sim mas o erro comecou na sua escalacao, e se vc pretende seguir como treinador ate do sao paulo melhor vc aprender a treinar e escalar o time direito pq senao vc nao vai durar como treinador nem no sao paulo e nenhum clube do Brasil.
    E se prepara contra o Sport pq desse jeito val levar sapata la tb e ai vem Atletico=MG em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*