Casemiro lamenta ausência na seleção olímpica de Mano

Há cerca de um mês, o volante Casemiro parecia nome certo nos Jogos Olímpicos de Londres. Esteve na lista de 52 pré-convocados, depois na de 35. Porém, na lista final de Mano Menezes (18 atletas), o são-paulino ficou fora.

O camisa 28 admite que ficou chetado pela ausência, mas ainda tem esperanças de que possa fazer parte do elenco em Londres. Isso porque o jogador está em uma espécie de “lista de espera”, caso aconteça um imprevisto com algum atleta do grupo de Mano.

– Ninguém estava garantido na lista, sabíamos que ia ter corte. A gente fica triste, mas tenho de ter paciência, quem manda é o Mano. Ainda estou no grupo, onde muitos gostariam de estar – disse Casemiro, ao site oficial do clube.

Ainda que tenha sido preterido pelo comandante da Seleção, o volante não deixará de prestar seu apoio aos selecionados para a Olimpíada, principalmente os tricolores Bruno Uvini e Lucas:

– Desejo toda sorte para quem foi convocado, para os meus companheiros aqui de clube. Todos fizeram por merecer. Se ele me chamar vou estar à disposição e vou procurar fazer o meu melhor dentro e fora de campo.

Agora, Casemiro volta suas atenções ao São Paulo e, sobretudo, à chegada de Ney Franco, com quem se sagrou campeão do Sul-Americano e do Mundial sub-20 pela Seleção Brasileira.

– Vou seguir trabalhando focado aqui no São Paulo como sempre quis. Um novo treinador está chegando e quero mostrar que tenho condições de estar na equipe – completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*